notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
9.7.09
O fechamento do inquérito sobre o acidente provocado pelo ex-deputado Luis Fernando Ribas Carli Filho que causou a morte dos jovens Gilmar Rafael Yared e Carlos Murilo foi prorrogado. O delegado Armando Braga Morais informou que para que o inquérito seja entregue ao Ministério Publico para oferecimento de denúncia junto ao judiciário precisa da conclusão do laudo do Instituto de Criminalística. Os pais de Gilmar Rafael, Gilmar e Cristiane Yared, acompanhados de seu advogado Elias Mattar Assad, tiveram uma reunião com o diretor do Instituto de Criminalística, Carlos Roberto Martins de Lima, para medir prioridade no caso.
“Este não é um caso fácil e sabemos dos problemas de pessoal para conclusão dos laudos, mas nos sentimos mais tranqüilos diante da resposta do dr. Carlos Roberto de que o caso receberá prioridade”, afirmou Cristiane. Foi prometido a família que o laudo da perícia será concluído em 30 dias. Mattar Assad afirmou que todas a provas já foram colhidas e que resta agora aos peritos organizarem as informações para transformar o laudo em um documento com bases científicas par dificultar sua contestação. “A polícia já tem elementos suficientes para a acusação de Carli Filho, mas a prorrogação do inquérito a pedido do delegado é compreensível pois queremos um resultado conciso”, afirmou Mattar Assad.

Declarações de Carli Filho


Cristiane Yared disse que viu a entrevista concedida por Carli Filho a Gazeta do Povo. “Se ele afirma que o fato de estar vivo é uma benção, que ele possa ser uma benção daqui para frente na vida de outras pessoas também. Peço a ele que demonstre que é um homem de bem e assuma suas responsabilidades”. Quando perguntada sobre o que seria necessário para que a família sentisse que justiça tenha sido feita, Cristiane respondeu que somente tendo seu filho de volta poderia sentir maior conforto. “Meu filho chegou no IML com temperatura corporal a 11º, quando o normal é entre 30º e 32º, seu sangue todo estava esvaído. É difícil responder o que representa justiça em uma hora dessas”.

Registro do radar


A Urbs enviou cópias do registro do radar que fica na rua Mons. Ivo Zanlorenzi. Em mãos do advogado Mattar Assad, os registros apontam todos os veículos que foram flagrado acima da velocidade permitida na noite do acidente. Segundo Mattar Assad o Passat de Carli Filho não se encontra nos registros. Ele afirmou que vai encaminhar os documentos para uma assistência técnica particular e para o Ministério Publico. “Serão traçados comparativos com outros carros para ver se houve problema no radar por não ter captado o carro do ex-deputado, que segundo a perícia, seguramente estava bem acima da velocidade naquela noite”.


Jornale
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:18 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9


21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO