notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
10.6.09
O Ministério Público do Trabalho (MPT) e os agentes comunitários de saúde deram início, ontem, 2ª.feira (08/06), logo cedinho, no terminal de Messejana, a uma série de panfletagens em terminais do sistema integrado de transportes coletivos de Fortaleza. A iniciativa faz parte da programação alusiva ao Dia Nacional e Mundial de Combate ao Trabalho Infantil (foto), que transcorre em 12 de junho. Ainda ontem, à tarde, foi realizada na Assembléia Legislativa do Ceará audiência pública destinada a discutir a campanha de conscientização que, em 2009, tem como lema “Com educação, nossas crianças aprendem a escrever um novo presente sem trabalho infantil”.

Foram convidados a participar da audiência secretários municipais de Educação e Assistência Social, mas o evento é aberto a todos as entidades e cidadãos interessados. O evento no Legislativo foi requerido pelas deputadas estaduais Raquel Marques, Tânia Gurgel e Lívia Arruda. Entre as autoridades que participaram estiveram presentes a secretária-executiva do Fórum Nacional de Combate ao Trabalho Infantil (Fnpeti, sediada em Brasília), Isa Oliveira, o procurador do Trabalho Antonio de Oliveira Lima, e as secretárias estaduais de Educação, Izolda Cela, e de Trabalho e Desenvolvimento Social, Fátima Catunda.

Segundo o procurador do Trabalho, a série de panfletagens prosseguirá, hoje, 3ª.feira (09/06) com início logo mais, às 06h:30min, nos terminais da Parangaba e da Lagoa; e, amanhã, 4ª.feira, dia 10, no Siqueira, Antônio Bezerra, Conjunto Ceará e Papicu. Hoje, 3ª.feira (09/06) também ocorrerá, das 09h:00 às 16h:00, no auditório da Escola de Saúde Pública, no Meireles, o Seminário Dia D de Combate ao Trabalho Infantil, promovido pela Secretaria da Educação do Estado (Seduc) e voltado a educadores e demais interessados.

Após a panfletagem desta 4ª.feira, os participantes se deslocarão dos terminais para a Cidade das Crianças, no centro de Fortaleza, onde o Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes (Peteca) e a Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), com apoio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) do Município, promoverão uma manhã cultural, reunindo centenas de crianças e várias opções de lazer para encerrar a programação.
Números
296,5 mil

crianças e adolescentes (de 5 a 17 anos) encontravam-se em situação de trabalho no Ceará em 2007, conforme dados da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio (Pnad), do IBGE.

9º lugar
no ranking nacional é a atual posição do Ceará em relação à exploração do trabalho de crianças e adolescentes, proporcionalmente à população nesta faixa etária em cada Estado

4,8 milhões
de crianças e adolescentes tinham sua força de trabalho explorada no Brasil em 2007, conforme dados da mais recente Pnad, divulgada pelo IBGE

165 milhões
de crianças estão envolvidas em trabalho infantil no mundo.



direitoce.com.br
link do postPor anjoseguerreiros, às 07:50 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO