notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
19.4.09
Todos aqueles pais que nas décadas de 70 e 80 tentaram arduamente fazer com que seus filhos canhotos usassem preferencialmente a mão direita devem estar se penitenciando atualmente. Como sabemos, os canhotos podem ter vantagens em certas áreas como, falar, pilotar um jato de caça ou conversar e dirigir ao mesmo tempo. Um estudo publicado no final de 2006 no jornal Neuropsychology (em inglês) sugere que os canhotos processam com mais rapidez os mais variados estímulos que os destros.
A pesquisa conduzida na Australian National University (ANU) retoma alguns estudos que mostram que a condição de canhoto ou destro é determinada ainda no ventre materno e que muitos canhotos processam a linguagem usando ambos os hemisférios do cérebro – o oposto dos destros, que parecem usar principalmente o hemisfério esquerdo para esse propósito.
Os dois hemisférios (ou metades) do cérebro são praticamente idênticos, e para a grande maioria, eles processam a mesma informação, com os dados passando pela frente e por trás através de um grande caminho neural. No entanto, algumas tarefas, como o processamento da linguagem já mencionado acima, tendem a acontecer em um ou em outro hemisfério. Para a grande maioria das pessoas, o processamento da lingugem ocorre no hemisfério esquerdo. Já para os canhotos, isso parece acontecer em ambos os hemisférios.
Outra área de especialização é a de processamento sensorial. Normalmente, os dados apanhados pelo lado direito do corpo (olho direito, ouvido direito, etc) vão para o hemisfério esquerdo para serem processados, enquanto que os dados apanhados pelo lado esquerdo do corpo vão para o hemisfério direito. No final, o cérebro combina o processamento resultante de ambos os hemisférios e temos então a consciência do que vemos e ouvimos.
A pesquisa acrescenta a hipótese de que as pessoas que escrevem com a mão esquerda provavelmente possuem cérebros que conduzem a informação simultaneamente – bi-hemisfério. Os pesquisadores da ANU realizaram testes com o intuito específico de verificar a velocidade do fluxo de informação entre os dois lados do cérebro. Ao todo foram envolvidos no estudo 80 destros e 20 canhotos. Em um primeiro teste, o computador mostrou um único ponto de uma linha divisória tanto para o canhoto como para o destro, e os mesmos tinham que pressionar um botão que indicava qual era o lado que o ponto havia sido mostrado. Os canhotos foram muito mais rápidos nessa tarefa. Em outro teste, ambos deveriam juntar letras que apareciam em alguns casos em ambos os lados da linha divisória e em outros casos em apenas em um lado da linha. Nesse teste os canhotos foram mais rápidos ao juntar as letras que apareciam nos dois lados da linha, enquanto que os destros foram mais rápidos em juntar as letras que apareciam em um único lado da linha. Essa última observação indicou que os destros são mais rápidos que os canhotos ao processarem estímulos em um único lado do cérebro.
De acordo com o chefe da pesquisa, Dr. Nick Cherbuin, em entrevista à rede AM ABC, o resultado suporta a observação anatômica de que “a conexão entre o lado esquerdo e direito do cérebro é muito melhor entre os canhotos”.
Então, o que isto quer dizer? Isto quer dizer que os canhotos possuem sim uma ligeira vantagem em esportes, jogos e outras atividades em que os jogadores enfrentam uma grande e rápida variedade de estímulos vindos de todas as direções. Teoricamente eles estariam mais aptos a usar os dois hemisférios do cérebro para lidar com esses estímulos, resultando em um processamento e resposta mais velozes. Isso também pode significar que quando um hemisfério do cérebro está sobrecarregado ou começa a diminuir a sua velocidade, o outro hemisfério pode continuar a tarefa sem perder o ritmo.
Outros especialistas no assunto também teorizam que os canhotos possuem uma atividade mental melhor quando entram na velhice e a velocidade de processamento cerebral começa a diminuir mais tarde do que os destros: com uma grande habilidade em passar as atividades de um hemisfério cerebral ao outro, os canhotos idosos mantém a velocidade de raciocínio mental mais tempo do que seus parceiros destros.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:28 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO