notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
27.3.09
O Tribunal Constitucional alemão proibiu a veiculação de uma campanha publicitária da organização de proteção dos animais Peta que compara as condições da criação extensiva de gado com as das vítimas do Holocausto nos campos de concentração nazistas.
A sentença divulgada hoje proíbe a Peta de continuar com a campanha iniciada em 2004 com o slogan "O Holocausto em seu prato", na qual comparava imagens de prisioneiros de campos de concentração nazistas vivos e mortos com as de animais enjaulados ou acorrentados em estábulos.
Dessa forma, o tribunal ratifica uma sentença anterior de uma corte da cidade de Berlim após um processo apresentado pelo Conselho Central dos Judeus na Alemanha e contra o qual a Peta tinha apelado.
Embora considerem que a campanha não atenta contra a dignidade humana, os magistrados do Tribunal Constitucional alemão confirmam em sua sentença que os anúncios violam os direitos de personalidade e imagem dos judeus na Alemanha.

Fonte: ANDA - Agência de Notícias dos Direitos Animais
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:28 

De Anónimo a 2 de Abril de 2009 às 09:21
ese tipo de coisas tem que punir! Com relação as grajas de galinhas,Onde os pintinhos são regeitados e são descartados deveria ter um meio,solução,metodo,Mais humano:Ex.corta o pescoço,É uma morte mais rapida,melhor que deixar sofrendo ate a morte.Obrigado

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO