notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
29.6.09

SÃO PAULO - Os advogados de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá preparam mais três ações na Justiça para tentar tirar o casal da cadeia. Os recursos serão impetrados em Brasília em nome dos dois acusados de matar a menina Isabella, em março de 2008. O pai de Alexandre, Antônio Nardoni, negou que o casal esteja para se separar, conforme notícia divulgada na imprensa. Segundo ele, os dois continuam trocando cartas de amor e falando dos filhos, Pietro e Cauã.
- Eles não estão separados. Nada mudou. As cartas continuam da mesma forma. Eles falam sobre eles e sobre os filhos - garante Antônio Nardoni.
De acordo com funcionários dos presídios, a última carta de Alexandre e Anna Carolina teria sido trocada em janeiro deste ano. Roberto Podval, advogado da família, diz que os dois estão separados apenas fisicamente. Desde maio do ano passado, o casal está preso em penitenciárias diferentes de Tremembé, a 140 quilômetros de São Paulo. Podval diz que continua como advogado dos dois. Segundo ele, a separação da defesa só teria sentido se os dois começassem a se acusar mutuamente.
- Pelo que sei eles estão separados apenas de cadeia. Continuo representando os dois. Somente em uma defesa conflitante é que haveria um desmembramento - explica Podval.
O casal Nardoni já perdeu pelo menos 11 recursos para deixar a cadeia. Outros dois estão sendo analisados pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, um para encaminhar um recurso especial ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e outro para mandar um recurso extraordinário ao Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão deve ser anunciada nos próximos dias.
Separados ou não, a expectativa é que o júri popular aconteça ainda neste ano. O promotor Francisco Cembranelli, diz que está preparado para fazer dois julgamentos, se necessário, mas acha essa medida seria onerosa. Cembranelli responsável pela denúncia, diz que a sua convicção continua a mesma, ou seja, o casal estrangulou a menina e depois atirou Isabella do sexto andar do apartamento da família, na Vila Mazzei, zona norte de São Paulo.
A família têm visitado os dois semanalmente na cadeia. Os filhos vão periodicamente aos presídios. Alexandre é sempre visitado pelos pais dele e Anna pelos pais dela. Segundo funcionários do presídio feminino, Anna Carolina Jatobá dedica boa parte do tempo à religião.
- Não se pode dizer que os dois estão bem. Eles estão na cadeia injustamente, por uma questão política e não jurídica. O casal foi preso injustamente e ainda aguarda uma solução favorável. O processo está sendo conduzido de maneira irresponsável desde o início - afirma Antônio Nardoni.


O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 20:11 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
visitas
subscrever feeds
blogs SAPO