notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
12.4.09
A Argentina sofre a pior epidemia de dengue de sua História. Mas apesar dos mais de 30 mil casos, segundo afirmaram fontes médicas na semana passada, o governo insiste em outro critério de cálculo e reconhece apenas 7.415 infectados pela doença, que nos últimos dias passou a afetar 19 dos 24 distritos do país.
– Havia mais de 20 casos de dengue na semana retrasada, mas na terça-feira mesma passamos de 30 mil. Estamos vivendo uma epidemia e a doença vem se propagando muito rápido – admitiu à AFP Jorge Yabkowski, presidente da Federação Sindical de Profissionais da Saúde da Argentina (Fesprosa). (AFP)
O órgão agrega cerca de 20 mil médicos de associações de profissionais de saúde ligadas a hospitais públicos de 18 províncias argentinas. Para Yabkowski, o governo de Cristina Kirchner está manipulando as estatísticas, ao contar como enfermidade causada pelo vírus que transmite o mosquito Aedes aegypti apenas pacientes confirmados por análise de determinados laboratórios.
– Para nós, casos febris registrados em zonas onde há dengue são casos de dengue por critério epidemiológico – observou.
Atualmente, grande parte dos distritos da Argentina estão sofrendo com casos de dengue. Os maiores focos são registrados no norte, noroeste e nordeste, em sua maioria, regiões limítrofes com países como Paraguai e Bolívia, onde tem avançado com maior força.
Atualmente, grande parte dos distritos da Argentina estão sofrendo com casos de dengue. Os maiores focos são registrados no norte, noroeste e nordeste, em sua maioria, regiões limítrofes com países como Paraguai e Bolívia, onde tem avançado com maior força.
Do total, 13 províncias foram afetadas por casos de dengue
“importada”, enquanto em outras seis foram registradas transmissões “nativas”.

Mortes
O governo admitiu que foram registradas três mortes decorrentes da dengue desde janeiro, apesar de ainda estarem pendentes confirmações de outros casos.
Fontes sanitárias extraoficiais indicaram que os falecimentos ocasionados pela doença são elevados a nove, sendo todos ocorridos no norte do país.
Em Charata, localidade agrícola de 30 mil habitantes na província de Chaco, no nordeste, onde se registra o foco mais intenso de dengue, os casos ascendem a 10 mil. Lá, atendem-se entre 400 e 600 pessoas diariamente com suspeita de ter contraído a doença, assinalam fontes da Fesprosa.
O avanço da enfermidade preocupa autoridades, principalmente em épocas de feriados, quando aumenta o movimento de turistas no país, e as câmaras do setor advertem sobre uma baixa de até 30% nos contigentes dos vilarejos.
Nos últimos 50 anos, a Argentina registrou focos pontuais de tipos de dengue “importada” em vilarejos que haviam contraído o mal em outro território, mas a epidemia desse tipo foi erradicada mesmo no fim dos anos 50.
– Trata-se do surgimento de dengue mais importante que há tido no país – alertou o diretor de epidemologia do Ministério da Saúde, Juan Carlos Bossio, que resiste em classificar o atual surto como epidemia, por acreditar que se tratam de focos circunscritos.
A situação, que é grave em toda a região, está sendo controlada e os casos tem diminuindo em países vizinhos, conforme têm assegurado autoridades de saúde do Paraguai, da Bolívia e do Brasil.

Brasil
Aqui, o número de pessoas infectadas em 2008 em todo o país é 28,6% menor do que no mesmo período do ano passado. No estado da Bahia, o mais afetado da Região Nordeste, no entanto, os casos cresceram até 300%, com o registro de 44.498 casos desde janeiro e um saldo de 32 mortes.
Na Bolívia, o Ministério da Saúde assegura que a epidemia de dengue está controlada, em particular na parte oriental do país, e prevê que até o fim do mês deixe de ser epidemia o mal que já deixou um saldo de 22 mortos e mais de 40 mil infectados entre janeiro e março.
No Paraguai, só neste ano, foram registrados cerca de 1.071 casos, segundo um informe oficial, contra 2 mil casos do ano passado. No ano de 2007, o país reportou nove mortes e mais de 20 mil infectados pela dengue.

DA REDAÇÃO


tags: ,
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:37  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO