notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
5.5.09
CIDADE DO MÉXICO - No dia em que o número de casos confirmados da gripe suína (H1N1) ultrapassou 1.300 em todo o mundo, o governo do México protestou na Organização das Nações Unidas (ONU) contra o que considera serem atos discriminatórios contra os seus cidadãos. Em discurso na sede do órgão, em Nova York, o subsecretário de Assuntos Multilaterais e Direitos Humanos do país, Juan Gómez Robledo, recriminou a reação de alguns países, como a China, que colocou 110 mexicanos em quarentena em diversas cidades, apesar de a maioria não ter apresentado qualquer sintoma da doença. Para ele, reações como esta violam os direitos humanos dos mexicanos.
- Não podemos viver num mundo de percepções que estão dando lugar a manifestações xenófobas, que afetam, inclusive, as relações entre os Estados - disse ontem Robledo, na sede da ONU. - Alguns Estados estão restringindo ou estudando restringir o fluxo de bens e pessoas vindas do México, apesar de não existir nenhuma justificação científica para isso.
Em represália à medida chinesa, o presidente Felipe Calderón fretou um avião para retirar do país asiático os seus cidadãos mantidos em isolamento. Alguns estão em hotéis; um casal e seus três filhos chegaram a ser levados para uma área isolada de um hospital.
Um turista mexicano de 25 anos - único caso de gripe suína confirmado até o momento em Hong Kong - não foi autorizado a viajar no Boeing 777 fretado pelo México.
- O paciente não deixará nesta terça-feira Hong Kong - assegurou um porta-voz do departamento de Saúde e Alimentação local, ao acrescentar que o turista deve ficar por pelo menos sete dias em quarentena.
Seis dos 110 mexicanos que estão em quarentena em diversos pontos da China se recusaram a deixar o país no vôo fretado pelo governo mexicano para repatriar seus cidadãos.
O avião aterrissou no Aeroporto Internacional Pudong de Xangai, para realizar o transporte, no entanto, estudantes optaram por permanecer no país, segundo anunciou um diplomata do país latino-americano.
Informações do departamento municipal de saúde de Xangai disseram que o avião fará escalas em Pequim, Guangzhou e Hong Kong para recolher outros mexicanos.
A condição aceita por Pequim é que os mexicanos que desejam permanecer na China por turismo, negócios ou estudo devem completar a quarentena imposta pelas autoridades locais.
O avião viajará recolhendo os mexicanos que permanecem isolados desde o dia 30 de abril por temor ao contágio da gripe suína.
O governo chinês retrucou e anunciou que também mandaria "resgatar" cerca de 200 chineses no México
- Acho que é injusto, porque estamos sendo honestos e transparentes com o mundo, e alguns países e regiões estão tomando medidas repressivas e discriminatórias devido a ignorância e desinformação - disse Felipe Calderón
O México também protestou contra os países que estão cancelando voos originados no país. Argentina, Equador e Peru são alguns dos que já não permitem que aviões vindos do México pousem em seus territórios. Cuba proibiu idas para lá.
O país baixou o nível de alerta na capital, apostando que o pior já passou. Restaurantes e cafés poderão reabrir nesta terça-feira, enquanto igrejas e museus abrirão quinta-feira, assim como o comércio da cidade do México. Várias escolas de nível médio e as universidades reabrirão quinta-feira. Já as escolas do nível fundamental voltarão a receber alunos a partir do dia 11 .
Até a noite de segunda-feira, a Organização Mundial de Saúde registrava 1.315 casos da gripe suína em 21 países. A lista de mortes comprovadas também aumentou: agora são 26 - 25 deles no México. Nos EUA, há 226 casos confirmados em 30 estados, incluindo a morte de um menino no Texas.


fonte: O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 07:34 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO