notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
8.6.09

O tatuador I.R.S., de 29 anos, foi preso nesta segunda-feira (8) acusado de tráfico de drogas. A detenção do acusado aconteceu no momento em que ele chegava na casa onde mora, no bairro da Glória, em Vila Velha. De acordo com a polícia, I. escondia a droga entre as roupas de uma sobrinha de apenas 5 anos, tudo para que ninguém descobrisse o material.
O delegado Ícaro Ruginski, responsável pela ocorrência, informou que a polícia chegou até o traficante com auxílio de denúncias anônimas. Quando chegaram na casa indicada, os investigadores da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (Deten) foram recebidos pelo pai do acusado, que tentou enganá-los até que a droga fosse dispersada.
Os policiais, no entanto, ouviram um barulho no interior da casa e resolveram verificar o que estava acontecendo. No banheiro do imóvel, eles flagraram o momento em que a mãe de I. jogou crack e maconha no vaso sanitário e deu descarga. A mulher estava acompanhada da criança de cinco anos.
Posteriormente à ação, os policiais iniciaram buscas pela casa e apreenderam um revólver calibre 38, duas munições do mesmo calibre, uma balança de precisão, material para embalo de droga, um caderno contendo anotações do tráfico de drogas e R$ 413,00 em dinheiro.
O delegado Ícaro Ruginski ressaltou que toda a droga ficava escondida no meio das roupas da menina. “Os policiais fizeram buscas e sentiram um forte odor que vinha das roupas da criança. Ele utilizava esse lugar para esconder a droga”.
A detenção de I. aconteceu momentos depois, quando ele chegava em casa. A equipe da Deten ainda foi ao estúdio de tatuagem do acusado. Na loja, eles encontraram uma quantidade de ácido bórico.
I.R.S. foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma. O pai do tatuador também foi conduzido à delegacia, assinou um termo circunstanciado e foi liberado em seguida.


Denuncie o tráfico de entorpecentes!
“Não deixe um traficante adotar o seu filho!”
Forneça o máximo de informações possíveis: local, ponto de referência, nomes, apelidos, placas de autos, motos, horários, etc.; tudo que julgar útil.


Gazeta Online
link do postPor anjoseguerreiros, às 21:31  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
blogs SAPO