notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
24.6.09
RIO - As aulas de 750 alunos do Colégio Santo Inácio, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, foram suspensas, por medida preventiva, devido a dois casos de gripe suína. Uma adolescente de 14 anos que cursa o 1º ano do ensino médio contraiu a gripe suína em recente viagem aos Estados Unidos. O outro infectado pelo vírus H1N1 é um aluno do 9º ano do ensino fundamental que teve contato com um parente que viajou para o exterior. Na Escola Parque, na Gávea, também foi confirmado o diagnóstico da gripe suína em um aluno do 9º ano. A família informou à escola sobre a doença na terça-feira, e a escola enviou um comunicado aos pais nesta quarta-feira. Os colegas que tiveram contato com o estudante doente estão isolados e não comparecem às aulas.
- Estou morrendo de medo - disse Ana Lúcia Rangel, mãe de uma aluna do 7º ano da Escola Parque. - Como acabou o período de provas dela, acho que vou ficar alguns dias sem mandar minha filha à escola - disse.
O último boletim do Ministério da Saúde confirmou na terça-feira mais 94 casos de infecção pelo vírus influenza A (H1N1) no Brasil ontem, elevando o número de casos no país para 334. Nenhuma morte pela doença foi notificada. No Rio, o ministério já teve a confirmação laboratorial de 43 casos. Há outros 30 suspeitos em investigação e 84 já foram descartados. O Rio é o segundo estado com maior número de casos, atrás apenas de São Paulo.
No Santo Inácio, além dos dois jovens, uma menina no 7º ano do ensino fundamental estaria com suspeita da doença. Os alunos em quarentena devem ficar em casa até o dia 2 de julho. Todas as 14 turmas do 9º Ano do EF e do 1º Ano do EM, além das sete turmas do 7º Ano, tiveram as aulas suspensas.

Em nota, a escola informou que espaços fechados de uso comum entre os alunos, tais como Laboratórios de Informática e de Ciências, serão interditados a todos os alunos durante o período de quarentena. Todas as Coordenações estão orientadas a manter desligados os aparelhos de ar-condicionado dos ambientes didáticos, bem como a manter janelas e portas abertas, facilitando a ventilação. De acordo com o site do colégio, a unidade possui três mil alunos. (Leia a íntegra da nota divulgada pelo colégio Santo Inácio)
Uma equipe de reportagem do "RJTV" esteve no colégio no horário de saída do turno da manhã e disse que os pais e os alunos demonstraram tranquilidade e concordaram com a medida preventiva.
Em São Paulo, os casos de alunos com gripe suína já suspendeu as aulas em alguns colégio e creches. Tire suas dúvidas sobre a gripe suína
O restante das turmas da Escola Parque funciona normalmente, segundo orientação do Centro de Vigilância Estratégica em Saúde (Cievs). O argumento é de que "não ocorreu contato dos demais alunos e funcionários com o aluno acometido nas 24 horas que precederam as primeiras manifestações clínicas, que ocorreram sábado à noite".
Em maio, a notícia de que um aluno do Colégio Militar do Rio de Janeiro, na Tijuca, estaria com o vírus teria provocado a suspensão das aulas na instituição durante o período da tarde . Contudo, o caso foi descartado. O jovem chegou a ficar em observação no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, no Fundão, mas como sua febre cedeu após ser medicado, ele já foi liberado e está em casa.
Passageiros com suspeita da gripe desembarcam no Rio
Na noite da terça-feira, seis passageiros que chegaram ao Rio num voo vindo de Miami, teriam apresentado sintomas da gripe suína durante o desembarque, às 22h45m . Eles foram examinados por funcionários da Anvisa e encaminhados, de ambulância, para um hospital. A assessoria da Secretaria estadual de Saúde informou que não vai divulgar para que hospital foram levados nem o estado deles. A notícia de que havia passageiros suspeitos de terem contraído a doença causou alvoroço no setor de desembarque do Aeroporto Tom Jobim.
Na terça-feira, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, recomendou que os brasileiros evitem viagens ao Chile e Argentina . Um dia depois, a presidente chilena, Michelle Bachelet, criticou a orientação do ministro , durante discurso na Organização Pan-americana da Saúde (Opas) em Washington.
Na segunda-feira, pelo menos 90 funcionários da Vale foram colocados em monitoramento domiciliar depois que um consultor que presta serviços para a empresa foi diagnosticado com o vírus H1N1 . O quadro foi confirmado no último dia 19, depois que o funcionário voltou de uma viagem à Argentina. Como medida de prevenção, a Vale resolveu interditar o andar que o consultor trabalha, no Centro do Rio, e solicitar que todos os funcionários que tiveram contato com ele fossem monitorados.



O Globo On Line
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:26 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO