notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
23.2.09

SÃO PAULO - Uma mulher de 48 anos morreu com suspeita de dengue hemorrágica na noite de sábado, em Araras, a 166 km da capital paulista. Com sintomas parecidos com de uma gripe, ela foi liberada pelo médico há uma semana.
Sônia Aparecida Krepschi Diaz começou a passar mal no domingo passado e foi até hospital São Luiz. Segundo a irmã de Sônia, Miriam Elaine Krepschi, ao examiná-la o médico Márcio Cunha disse que a mesma estava com sintomas de gripe, deu alguns remédios e a liberou em seguida.
Ela continuou a passar mal até a última quinta-feira, quando foi internada novamente com sintomas de dengue simples. No sábado, ela piorou e, depois de outros exames, foi constatado que ela estava com dengue hemorrágica. Por volta das 23h, Sônia morreu.
O corpo chegou a ser encaminhado para o Instituto Médico Legal de Limeira, mas o boletim de ocorrência feito pelo hospital já constava que a causa da morte tinha sido dengue hemorrágica. A irmã está indignada com a situação.



tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 11:20  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO