notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
26.2.09
RIO - Na Paraíba, o padre Luiz Couto, que também é deputado federal pelo PT, foi suspenso das funções de sacerdote. A polêmica começou depois que as declarações do padre e deputado federal do PT, Luiz Couto, foram parar em um jornal do estado. o religioso defende o uso de preservativos, é contra o celibato dos padres e contra a discriminação de homossexuais. O arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, não gostou da entrevista e suspendeu as funções do padre, que está proibido de celebrar missas, batizados e casamentos.
- Lamentavelmente são declarações sumárias e ambíguas a respeito do uso de preservativos, uniões homossexuais e assim por diante. São posições diametralmente contrárias à orientação oficial do Vaticano. Isto é intolerável.
O padre parlamentar afirma que falou como político e não como religioso e disse que ainda não foi notificado oficialmente sobre a decisão. - Vou continuar celebrando. Posso celebrar na minha casa com meus amigos, ou seja, o direito de celebrar, a ordem que recebi, tem um caráter indelével, ninguém pode tirar. Isto significa nenhum combate àquilo que a Igreja tem na sua doutrina.
A proibição é válida apenas para as 75 paróquias subordinadas ao arcebispo Dom Aldo Pagotto. Para celebrar em outras igrejas, Couto poderá pedir permissão antes. O arcebispo explica o padre deputado pode exercer a função de sacerdote desde que se retrate publicamente.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 07:45 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO