notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
25.6.09

Quem aponta para Bill Clinton, Eliot Spitzer, John Edwards ou John Ensign encontra outros errados – não conserta a conduta de ninguém.

Mark Sanford está sendo exposto pela imprensa não pelo “affair,”mas por ter abandonado o escritório que lhe pertence pela vontade do povo. Sanford teve o exemplo de vários políticos infiéis, mas mesmo assim não resistiu à tentação. E a pergunta permanece: quem pagou as suas escapadas?

Você sabia que na época do escândalo de Bill Clinton, em 1998, Sanford disse que “o que mais choca (no caso do Clinton) é a mentira?” Foi revelado hoje que Sanford, que ficou contra o pacote de estímulo de Obama, usou dinheiro público para viajar para a Argentina.
Vale pensar sobre se os casais heterossexuais são mesmo os melhores protetores da "santidade do casamento." Nesse triste episódio que manchou a vida de uma família com quatro garotos cujo referencial é o pai, a pessoa mais afetada é Jenny Sanford, a esposa que ajudou a construir a carreira de Mark.

Segue abaixo a íntegra da nota que Jenny lançou:

“Gostaria de começar dizendo que amo meu marido e acredito que fiz todos os esforços possíveis para ser a melhor esposa que eu poderia ser durante quase 20 anos de casamento.

Assim como, nos últimos 15 anos meu marido estava totalmente engajado em serviço público aos cidadão e contrbuintes deste estado e eu, religiosamente, o apoiei com o melhor das minhas habilidades.

Eu continuo a ter orgulho das conquistas dele e do seu serviço ao Estado. Eu pessoalmente acredito que o maior legado que deixarei neste mundo não é o trabalho que tive em Wall Street, ou a campanha que gerenciei para Mark, ou o trabalho que desenvolvi como primeira-dama, ou até as atividades filantrópicas com as quais estive envolvida.

Mas, o maior legado que deixarei nesse mundo é o caráter dos meus filhos que eu, ou nós, deixaremos. Por essa razão eu lamento profundamente as recentes ações do meu marido Mark, e seu potencial de ferir nossos filhos.

Eu acredito de coração na santidade, dignidade e importância da instituição do casamento. Eu acredito que isso tem sido constantemente refletido em minhas ações. Quando eu descobri sobre a infidelidade do meu marido trabalhei imediatamente para, primeiro, buscar reconciliação através do perdão, depois para reparar nosso casamento. Nós atingimos um ponto em que eu senti que era importante olhar meus filhos nos olhos e manter a minha diginidade, auto-respeito, e meu senso básico de certo e errado.

Por isso há duas semanas eu pedi meu marido para ir embora. A tentativa de separação foi acordada com o objetivo de fortalecer o nosso casamento. Durante essa separação breve ficou acertado que Mark não entraria em contato conosco.
Eu mantive esta separação quieta por causa do respeito pelo seu cargo público e reputação, e na esperança de proteger nossos filhos da exposição pública. Por causa dessa separação eu não sabia onde ele estava na semana passada.

Eu acredito que o amor é primeiramente um compromisso e uma ação do livre-arbítrio, e para que o casamento tenha sucesso, esse compromisso tem que ser recíproco.

Eu acredito que Mark conquistou a chance de ressuscitar o nosso casamento. O salmo 127 diz que os filhos são presentes do Senhor e que crianças são uma recompensa Dele. Eu vou continuar a colocar minhas energias na criação dos meus filhos para serem homens honrados.

Eu continuo disposta a perdoar Mark completamenta pelas suas indiscreções e estenderei boas-vindas de volta, com o tempo, se ele continuar a trabalhar pela reconciliação com o verdadeiro espírito de humildade.

Este é um momento doloroso para nós e gostaria de pedir, humildemente, que todos os membros da mídia respeitem a privacidade dos meus garotos, enquanto nos esforçamos juntos para seguirmos nossas vidas, buscando a sabedoria de Salomão, a força e a paciência de Jó, e a graça de Deus, como ajuda para cicatrizar a minha família."



Brasil com Z
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:51  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
blogs SAPO