notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
17.6.09
Entrou no quinto dia, os protestos da oposição do Irã contra o resultado da eleição, que deu o segundo mandato ao presidente Mahmoud Ahmadinejad. A marcha foi silenciosa em homenagem aos 7 mortos em confrontos, nos últimos dias.Vestidos de preto e usando bandanas verdes - a cor do Islã - a multidão se reuniu em uma praça no centro de Teerã. Muitos carregavam as fotos das vítimas de tiroteios e brigas durante as manifestações, desde o sábado passado. Liderados por Mir Houssein Mousavi, os oposicionistas alegam fraude eleitoral e exigem uma nova eleição presidencial. O Conselho de Guardiães, do líder supremo aiatolá Ali Khamenei, propôs uma recontagem parcial dos votos. O ato desagradou Mousavi, e a oposição promete não cessar os protestos contra o governo - os maiores desde a Revolução Islâmica em 1979. Familiares denunciaram a prisão de intelectuais pró-reformistas no Irã. Entre os detidos, estariam o professor universitário, Hamid-Reza Khalipour, e o analista político Said Laylaz. Os dois apoiaram o líder de oposição Mir Houssein Mousavi durante a campanha eleitoral. A organização Repórteres Sem Fronteira informou que ao menos 11 jornalistas foram detidos desde as eleições iranianas, no fim da semana passada. Além disso o paradeiro de outros 10 profissionais de comunicação é desconhecido. No site, a ONG destacou que um importante advogado e ativista dos direitos humanos no Irã também foi preso junto com membros da oposição.



Band News
link do postPor anjoseguerreiros, às 17:41  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
blogs SAPO