notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
11.3.09
Subiu para 15 o número de mortos na tragédia em uma escola alemã, nesta quarta-feira, na cidade de Winnenden, a 20 km de Stuttgart (sudoeste da Alemanha). O atirador, um jovem de 17 anos, ex-aluno da escola segundo as autoridades, foi morto pela polícia em uma troca de tiros a 40 quilômetros da escola. Dois policiais foram feridos pelo criminoso.
Fabrizio Bensch/Reuters

Policiais e paramédicos prestam atendimento às vítimas de tragédia em escola na Alemanha; número de mortos pode aumentar
O jovem entrou na escola secundária Albert Zeller, encapuzado, na manhã desta quarta-feira , por volta das 9h30 (5h30 de Brasília), e abriu fogo indiscriminadamente com uma pistola automática. Segundo testemunhas, os estudantes tentaram fugir pela janela.
De acordo com o site Spiegel Online, o atirador matou nove estudantes e três professores na escola. Em seguida, fugiu em um carro e matou outras três, entre elas dois pedestres. O primeiro chamado para a polícia foi feito às 9h33, por funcionários da escola.
De acordo com a imprensa local, os moradores da cidade, de cerca de 28 mil habitantes, estão em choque. Os estudantes da escola, que tem cerca de 2.000 alunos, são adolescentes com idades entre 12 e 18 anos.
Versões
A imprensa alemã chegou a informar que o jovem havia cometido suicídio no estacionamento de um shopping depois de ter sequestrado um homem. Segundo a versão apresentada, a vítima estaria em um carro quando foi sequestrada pelo atirador.
Segundo o jornalista da rádio de Stuttgart, Philipp Grohm, o atirador estava armado com uma pistola metralhadora. "O criminoso simplesmente abriu fogo ao seu redor", afirmou uma testemunha em entrevista ao canal NTV.
Segundo o jornal local "Winnender Zeitung", o atirador teria passagem pela polícia. Depois do massacre, o adolescente fugiu em direção ao centro da cidade e foi perseguido pela polícia, que contou com o apoio de cães farejadores e helicópteros.
As autoridades retiraram todos os estudantes da escola e emitiram um alerta aos motoristas da região, com a recomendação de evitar as estradas da região.
link do postPor anjoseguerreiros, às 11:12  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
blogs SAPO