notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
18.2.09
Amor e ciúme são quase insperáveis? Para Colin Scully, sim. O inglês de 53 anos assassinou a mulher durante ato sexual depois que ela disse o nome de outro. De acordo com a versão de Colin apresentada em um tribunal, Tracey, de 39 anos, disse o nome de "Paul" quando os dois estavam se amando. Resultado: Tracey acabou estrangulada na cama. O caso aconteceu na pequena e pacata Bridlington (Inglaterra)Colin contou que suspeitava que Tracey estivesse tendo um caso extraconjugal e afirmou que a esposa enviava mensagens bem picantes por celular. O assassino revelou que "Paul" é Paul Deighton, um homem que o casal conheceu em um clube de patinação. Ao juiz, Colin comentou ter ficado "fora de si" ao ouvir o nome do outro na cama. De acordo com um patologista, Tracey pode ter levado um "tempo considerável" para morrer. A mulher sofria de esclerose múltipla. Depois de matar Tracey, Colin foi dormir no quarto dos filhos do casal. No dia seguinte, o inglês ligou para a polícia:
"Eu fiz algo com a minha mulher. Não sei o que fiz". A mãe de Tracey contou que o casal tinha uma relação bastante turbulenta e que Colin vivia acusando a filha de traição. Para complicar, a sogra de Colin contou ter sabido que ele procurava na internet casais praticantes de swing para que ele pudesse filmar a esposa tendo sexo com outros homens.


link do postPor anjoseguerreiros, às 17:19  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO