notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
28.2.09
BRASÍLIA - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) deverá intermediar uma possível revisão da decisão da Arquidiocese da Paraíba de proibir o padre e deputado federal Luiz Couto (PT-PB) de celebrar missas. Segundo José Moreira, assessor do parlamentar, um interlocutor da entidade católica telefonou e abriu a possibilidade de o veto ser revisto, desde que as duas partes reconsiderem o que disseram.
O funcionário também contou que o deputado e o arcebispo da Paraíba, d. Aldo di Cillo Pagotto, têm "uma clara divergência política". A proibição foi motivada por entrevista concedida ao site "Congresso em Foco", onde ele defende o fim do celibato, a distribuição de preservativos, e se diz contrário à discriminação dos homossexuais.
- Nossa arquidiocese, infelizmente, está sob o comando de um conservador, que é contra padre ser político. Mas ele deu declarações políticas em defesa do governador cassado Cássio Cunha Lima - alfinetou Moreira.
Segundo a assessoria, a decisão do arcebispo chocou Luiz Couto, que teve de ser medicado por causa de uma crise de hipertensão:
- A pressão dele subiu muito. Ele é diabético e hipertenso. Ele não abre mão da vida sacerdotal, que iniciou na década de 70. O bispo extrapolou, porque ele deu as declarações como parlamentar, não no exercício do sacerdócio. Como parlamentar ele tem que defender a vida e igualdade - afirmou o assessor.


link do postPor anjoseguerreiros, às 20:06  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
blogs SAPO