notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
12.5.09
SÃO PAULO - Um comerciante de Pindamonhangaba, no Vale da Paraíba encontrou seus sequestradores em um ônibus após conseguir fugir do cativeiro em Cruzeiro, na mesma região. Ele conseguiu avisar a polícia e prender os suspeitos. Segundo o boletim de ocorrência, registrado no 1º DP de Cruzeiro, o plano inicial feito por três pessoas, entre eles uma menor, de 14 anos, que teria um suposto envolvimento com a vítima, era o de um sequestro relâmpago contra o comerciante.
Após sequestrarem a vítima em Pindamonhangaba, os acusados Edson Moreira da Silva e de Carlos Cesar Florentino dos Santos, junto com a menor, foram para a cidade de Cruzeiro, para fazer saques em bancos. Na cidade, um dos bancos estava com o caixa eletrônico quebrado e o outro já não estava funcionando por ter passado das 22 horas. Como não conseguiram retirar o dinheiro, os três resolveram então deixar o homem em uma residência usada para consumo de drogas.
Foi acertado o pagamento de R$ 100,00 para o grupo que estava na casa para mantê-lo preso em um dos quartos, além do pagamento de outros R$ 50,00 para a dona do imóvel, para que ela servisse o café da manhã para o comerciante e oferecesse um dinheiro para que ele tomasse um ônibus de volta para a casa. Segundo o boletim, as pessoas ficaram durante toda a noite consumindo drogas, o que facilitou a fuga da vítima. Rapidamente o homem foi para a rodoviária e conseguiu uma passagem para sua cidade.
No caminho, o trio de acusados, que estava com o cartão do banco e a senha da vítima, entrou no ônibus. De acordo com a polícia, o comerciante abaixou a cabeça para não ser reconhecido e, ao chegar ao município de Cachoeira Paulista, desceu no terminal e avisou a polícia. Foi feito um cerco na Rodovia Presidente Dutra, e na cidade de Lorena o ônibus foi parado. A polícia encontrou os três suspeitos dormindo no fundo do coletivo. Eles acabaram levando os policiais até o cativeiro. O comerciante reconheceu os suspeitos e 12 pessoas foram presas, entre eles três menores.


O Estadão
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:15 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO