notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
9.3.09
Lisboa - O Ministério Público de Zurique, Suíça, não vai permitir que a cidadã brasileira que alega ter sido agredida por neo-nazis regresse ao Brasil porque quer avaliar o seu estado mental, afirma hoje o jornal brasileiro Estadão online.
De acordo com o diário, se se provar que Paula Oliveira mentiu às autoridades, "a pena será mais dura", mas se se revelar a existência de problemas psiquiátricos, a condenação será mais leve e a cidadã poderá regressar ao Brasil.
A advogada brasileira, de 26 anos, é suspeita de ter mentido sobre a alegada agressão que diz ter sofrido há cerca de três semanas na cidade de Dubendorf, a cerca de cinco quilómetros de Zurique, quando falava ao telemóvel com a mãe.
Paula Oliveira disse ainda na altura que estava grávida de três meses, de gémeos, e que teria sofrido um aborto logo depois do ataque.
Fotos divulgadas pela imprensa brasileira mostram várias marcas no corpo da jovem, feitas por estiletes, que formam a sigla SVP, iniciais em alemão do Partido do Povo Suíço, de extrema-direita.
Entretanto, a Procuradoria de Zurique garantiu em Fevereiro que a cidadã brasileira tinha confessado a encenação do ataque, que se tinha auto-mutilado e que não estava grávida.
Na altura, as autoridades suíças abriram um processo contra a brasileira.
Numa reunião entre o advogado de Paula Oliveira e o procurador do caso, na terça-feira, o passaporte da brasileira não foi devolvido e ficaram agendados novos interrogatórios.
Uma nova decisão sobre a entrega do passaporte só será tomada dentro de duas semanas.
De acordo com o advogado, a confissão de Paula Oliveira às autoridades suíças "não tem valor" e só seria levado em conta o que ela "dissesse perante a justiça", lê-se no jornal.
O Estadão online diz ainda que o "Ministério Público de Zurique admitiu que a versão contada à polícia não seria suficiente para que o caso fosse encerrado e ela condenada".


link do postPor anjoseguerreiros, às 12:29 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO