notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
12.3.09
Chamou-nos a atenção um comentário deixado pelo leitor Fernando, na notícia postada em 25 de fevereiro "Skinheads espancam Emo em praça de São Paulo". A notícia comenta que um adolescente de 17 anos foi espancado numa praça de São Paulo, por jovens acusados de integrar um grupo skinhead, que prega a intolerância. Juan Guilherme Gomes, de 17 anos, ficou ferido na cabeça e nos braços. O adolescente havia saído de casa na noite de segunda-feira para se encontrar com amigos que fazem parte do movimento conhecido como Emo. São jovens que se vestem com roupas escuras e pintam os olhos. O Emo, vem de emotivos, como eles se definem. Por volta das 4h deste dia , eles foram atacados por seis skinheads, uma gangue que age com violência contra negros, nordestinos, homossexuais e emos.
Cinco Emos conseguiram correr, mas Juan foi cercado e espancado até desmaiar. A polícia chegou logo em seguida, mas conseguiu identificar e prender apenas dois integrantes do bando.- Foram presos o eletricista Gabriel Marques da Costa e o ajudante-geral Felipe Gomes de Mello, ambos de 25 anos. Eles foram reconhecidos por cinco testemunhas que presenciaram o ataque e autuados em flagrante por tentativa de homicídio.

Veja o comentário de Fernando:

Apenas notificando: Não eram skinheads. Foi largamente divulgado que eles seriam skinheads, pois um do "agressores" tinha a cabeça raspada, e os agredidos disseram em entrevistas que todos do grupo teriam o mesmo perfil.O que realmente ocorreu (e por algum estranho motivo não foi nem um pouco divulgado)foi:O suposto grupo agressor era formado por 6 ou 7 pessoas, delas, apenas um deles, tinha cabeça raspada (apesar de NÃO ser skinhead - só raspa pois foi o corte que adotou a partir do momento que serviu o exercito, declarou), e os outros integrantes do grupo, 2 eram mulheres, e ambas com seus respectivos namorados, que pasmem, tinham cabelo comprido! (Sim, eram roqueiros com camisetas de banda, como vemos aos montes por ai). Alem do tal Gabriel, que claramente não é skinhead - inclusive, toca numa banda de Hard Core a mais de 5 anos, e havia também um outro rapaz com corte de cabelo meio "moicano". Logo, fica CLARO que o grupo não era de skinheads. Ouro detalhe que foi verificado também: o grupo do garoto que teria sido agredido, estava usando drogas (ao que parece, cocaína) e alcool (informação que não foi divulgada nem confirmada, pois por ser menor de 18 anos, não pode ser obrigado a fazer exames para localizar vestigios de drogas sem autorização dos pais, que claramente, optaram por não fazer). A briga teria surgido quando começaram a trocar provocações com o grupo agressor enquanto passavam. Ultimo detalhe: do grupo agressor, só 2 foram para a briga, por acaso os dois que foram presos. Os outros do suposto grupo agressor, na verdade estavam tentando separar a briga e proteger as namoradas, enquanto os amigos de Juan, o garoto de 17 anos, chamada vítima da situação, fugiam deixando seu amigo sozinho.
Fomos pesquisar à respeito e veja o que encontramos, no Mundo +
Felipe diz:
Eles não são e nunca foram skinheads, mesmo o Felipe que tem a cabeça raspada não faz parte deste movimento!!! Pra começar o Gabriel toca em uma banda de hard core e o público que ouve sua banda há muitos emos...que incoerência não!? Se eles erraram, a verdade deve ser apurada e eles devem responder pelos seus atos na medida certa.....mas a agressão não foi gratuita....o emo que apanhou não estava rezando na praça....quero ver ele ter coragem de contar pra mamãe o que ele estava fazendo..... Mais uma vez a midia envenenando a mente da população sem ao menos aguardar a apuração dos fatos..... Repito, eles devem pagar pelo que fizeram.......mas acusá-los de Skinheads já é demais......pra começar nem estilo de Skinheads eles tem que pra quem não sabe, não é camiseta de caveira igual o feipe estava e nem camiseta de time igual o Gabriel..... Skins utilizam roupas em tons verdes, suspensórios, coturnos com cadarços brancos, jaquetas verdes com a bandeira do Brasil.... Só peço que antes de julgar as pessoas devem ter certezas do que foi dito....sujar a imagem de uma pessoa é muito fácil com o poder que a midia tem, porém limpá-la não é...
Alguém escreve:
Eles não são skinheads,nunca mesmo tiveram contato com eles.Conheço-os há muito e posso afirmar isso.Pelo que me consta,foram apenas os dois que partiram para a agressão e não seis como a mídia anda espalhando.O emo estava bebado,falando muito mal de outras raças(negros,homossexuais entre outras) e não respeitando o espaço do outro grupo,falando alto e um monte de besteiras.O grupo do Gabriel e do Felipe(vulgo Pirata)era um grupo de roqueiros,que nunca tiveram nada com siknheads e sempre foi da paz.Portanto,com certeza está ocorrendo um equivoco nessas materias,o qual esta prejudicando a imagem publica de duas pessoas que simplesmente não aceitaram que outra pessoa fosse nazista(o emo no caso).
Rafah acertamente conclui:
Bom vamos ser direto e reto nesse assunto ate porque naum é brincadeira! Se vocês conhecem o Felipe Soares e o Gabriel Marques ou ate mesmo o EMO Juan Gomes, enfim e se os dois forem Skinheards ou não acho que isso naum importa. O importante mesmo é eles pagarem pelo que fizeram ate por que nao se faz uma coisa dessa com ninguem , nao imporata sua opção sexual ou seu estilo de vida. Se for assim vamos todos si matarem ate por que o BRASIL ou melhor dizendo o mundo é feito de diferenças, basta cada um respeitar a do proximo. kiisses
Realmente achamos que pouca diferença faz se o agressor era ou não um skinhead e tampouco se ele foi provocado ou não pelo Emo. O fato é que houve uma agressão e os culpados foram presos em flagrante. Violência gera mais violência. O que achamos interessante ressaltar ,entretanto, é a ação da mídia, que transforma o fato de acordo com seus interesses sensasionalistas; rotulando com antecedência e sem exatidão. A imprensa deveria sempre mostrar todos os lados da questão e certificar-se do que vai passar adiante, pois uma vez impressa, a marca pode acompanhar os envolvidos para sempre.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:59  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
blogs SAPO