notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
12.6.09
Roma, 12 jun (EFE).- O chefe de Estado líbio, Muammar Kadafi, apostou hoje em uma "revolução feminina" sobre a base de uma revolta cultural que termine com a "situação horrenda" dos direitos das mulheres no mundo árabe e islâmico.
Em um ato organizado no Auditório da Música de Roma pelo Ministério de Igualdade italiano, Kadafi pronunciou em seu terceiro dia de visita oficial um discurso em defesa dos direitos das mulheres, perante cerca de mil empresárias e políticas da Itália.
"No mundo árabe e islâmico existe uma situação horrenda" para os direitos das mulheres, uma situação que "incita à revolução", disse o líder líbio, que se mostrou do lado de "todas as mulheres do mundo".
"Para eles (o mundo árabe e islâmico), a mulher é um móvel que pode ser trocado de lugar a qualquer momento", disse kadafi.
O coronel líbio completou dizendo que, "sem mulheres, a sociedade caminharia sobre uma só perna, quando é preciso caminhar com ambas".


G1
link do postPor anjoseguerreiros, às 15:15 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO