notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
15.6.09
RIO - O delegado Carlos Augusto Nogueira, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), diz não ter dúvidas de que o engenheiro Renato Biasotto Mano Junior, de 52 anos, foi morto a facadas pela mulher Alessandra D' Ávila Nunes, de 35 anos. O engenheiro foi assassinado na madrugada de sábado no prédio onde morava com a esposa na Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca.
- Não tenho mais dúvidas sobre a autoria. Só se houver uma grande reviravolta que mostrem outros acontecimentos e novas provas. Mas, até agora, ela é a principal suspeita - disse Nogueira.
O delegado analisou as imagens do circuito interno do prédio na Barra da Tijuca onde o casal morava. De acordo com o delegado, as imagens mostram o carro de Alessandra saindo em alta velocidade da garagem. No local, ele também identificou manchas de sangue, que seriam da vítima, em direção ao carro dela, e, em seguida, até a portaria, onde o engenheiro morreu.
Outro detalhe que chamou a atenção do delegado foi o desaparecimento da arma do crime. Pouco antes, vizinhos teriam ouvido uma briga entre o casal. Alessandra fugiu do local levando o filho de 5 anos. Até o momento, a polícia ainda não tem pistas sobre o seu paradeiro. No sábado, a juíza Michelle de Gouvêa Pestana Sampaio decretou a prisão temporária , por cinco dias, de Alessandra.
Nesta segunda-feira, o delegado deve ouvir o depoimento do casal de amigos que esteve na casa de Biasotto pouco antes de sua morte.



O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 19:15 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO