notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
23.6.09
MANAUS - A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Deapca) investiga o desaparecimento da menor Leandra da Silva Magalhães de 10 anos. De acordo com a Polícia Civil, ela teria sido seqüestrada por um homem desconhecido, no Edifício Garagem (Garajão) do Centro da cidade, por volta 10h do último sábado.
A menina estava trajando blusa cor de vinho, short e sandália cor de rosa. Já o homem, estaria usando uma calça jeans, camisa de manga comprida azul e boné verde escuro. Ele seria alto, magro e moreno claro, de cabelo enrolado e com uma verruga no rosto.
De acordo com a mãe da criança, a dona de casa Joselina Moraes da Silva de 36 anos, ela estava no Centro com a criança, uma vizinha e seu filho de 8 anos. No ponto de ônibus do Edifício Garagem, de onde os quatro iriam retornar para casa, no bairro João Paulo 2, Zona Leste, a mãe deu pela falta da menina e do garoto, ao entrar no coletivo.
- Quando entrei no ônibus, a minha vizinha disse que os meninos não haviam entrado e que chegou a ver um homem os levando - contou a dona-de-casa, que não deu parte na polícia nesse mesmo dia porque acreditava no retorno das crianças.
Na noite do sábado, por volta das 22h30, o garoto, colega de Leandra, voltou para casa de ônibus, após ter sido deixado em um ponto do centro pelo suposto seqüestrador. O menino contou à polícia que o tal homem passeou o dia inteiro com os dois prometendo que iria comprar vários presentes a eles, como bicicleta, televisão e roupas.
- Eles foram ao Amazonas Shopping e ao Millenium Center, onde andaram em várias lojas, mas nada compraram - disse a delegada da Deapca, Linda Gláucia, acrescentando que o tal homem chegou a mostrar R$ 700 para as crianças, alegando que com esse dinheiro iria comprar os presentes.
O desaparecimento da criança foi registrado pela família no 14º DIP, no último domingo, e depois encaminhado para o 1º DIP. Hoje pela manhã, policiais do 1º e 9º DIPs, além da Delegacia Especializada em Homicídios e Seqüestros (Dehs), Delegacia Especializada em Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e a própria Deapca realizaram uma operação em terminais de ônibus da cidade, com o intuito de achar a criança.
- Pelas circunstâncias, achávamos que a encontraríamos em algum coletivo ou terminal. Mas não foi isso que aconteceu, completou a delegada da Deapca.
Este seria o terceiro caso de seqüestro em 2009. Em fevereiro e em maio deste ano, foram confirmados dois casos, em que crianças desapareceram da mesma forma: sedução, e não pela força, para ganhar a confiança dos pequenos.
- Não podemos afirmar se há relação entre os casos. Por isso, estamos investigando para encontrar a garota o mais rápido possível, destacou Linda Gláucia.



O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:30 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO