notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
13.6.09
CURITIBA - As câmeras de segurança que flagraram o acidente causado pelo ex-deputado Carli Filho que matou dois rapazes no mês passado foram adulteradas, afirma perícia divulgada no início da noite desta sexta-feira. O estudo foi realizado por uma empresa particular a pedido da família de Gilmar Rafael Yared, uma das vítimas fatais do acidente. Segundo o advogado da família, a contratação da análise consta nos autos do inquérito como o assistente técnico oficial, o que é previsto em lei.
"A câmera 8 foi adulterada para suprimir imagens do veículo Passat", diz o vídeo da perícia, sob o título "conclusão". O Passat era o carro de Carli Filho. De acordo com a perícia, algumas imagens que compõem um segundo da filmagem mostram imagens antigas.
Para o advogado que representa a família Yared, Elias Mattar Assad, as provas foram adulteradas antes de serem enviadas para a polícia.
- Alguém deve ter ido naquele posto de gasolina (que tem as câmeras) entre quinta-feira (dia do acidente) e sábado. É uma tentativa de fraude processual - opina Assad.
A suposta fraude, no entanto, não teve efeito, pois uma outra câmera do posto flagrou a trajetória do carro. A partir das imagens, a empresa Kauffmann Associados pôde calcular a velocidade do carro do então deputado Carli Filho. A conclusão é levemente maior do que era estimada. Ao invés dos 190 quilômetros por hora, a perícia determinou que o veículo se deslocava a 191,52 quilômetros por hora.
Uma simulação virtual também corroborou com a tese de que o carro do então parlamentar decolou da pista no momento em que atingiu o veículo ocupado por Yared e Carlos Murilo de Almeida.
A análise da Kauffmann deverá ser anexada no inquérito policial. A Polícia Civil também deve realizar uma reconstituição, mas não há data marcada até o momento.
A reportagem do jornal Gazeta do Povo tentou entrar em contato com o advogado que representa Carli Filho, Roberto Brzezinski Neto, no início desta noite, mas ele não foi encontrado. À Polícia Civil, Carli Filho teria dito não lembrar do acidente.



O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:01  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
blogs SAPO