notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
21.5.09

BRASÍLIA - O senador Magno Malta (PR-ES) informou, na noite desta quarta-feira (20), que as administradoras de cartões de crédito deverão instituir um sistema de controle para vedar a utilização desse meio de pagamento na compra de material de pedofilia. Na próxima terça-feira (20), um grupo de estudos formado por representantes das empresas e da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia começará a discutir o assunto, segundo o parlamentar.
Magno Malta, presidente da CPI, informou que a decisão das administradoras foi anunciada em reunião realizada com ele na tarde desta quarta. Entusiasmado com o que considera mais uma vitória da comissão, o senador pediu a palavra por volta das 22h e, como último orador, pediu apoio para ampliação da luta contra o abuso sexual de crianças e adolescentes.
- A campanha Todos contra a Pedofilia tem crescido muito, mas precisamos ir mais além para acabar com esse crime hediondo - disse dirigindo-se ao senador Lobão Filho (PMDB-MA), a quem recomendou que lidere o movimento no seu estado.
Magno Malta exibiu durante seu discurso uma pasta com recortes de notícias sobre a CPI publicadas em jornais do mundo inteiro, inclusive no prestigiado New York Times. Essa atenção decorreria do reconhecimento de um trabalho único e que tem se mostrado bem-sucedido contra um mal que assola o planeta - agora com a ajuda da internet.
Entre os recortes, havia matérias noticiando a operação realizada na segunda-feira (18) pela Polícia Federal, em conjunto com a CPI, durante a qual foram investigados 92 álbuns hospedados na rede mundial de computadores. A partir dessa investigação foram realizadas dez prisões de suspeitos de pedofilia no Brasil.
O senador fez também diversos elogios a instituições e pessoas que estão cooperando com a campanha ou simplesmente com a luta contra a pedofilia, entre as quais os times do Cruzeiro e do Flamengo e a ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Laurita Vaz. Magno Malta voltou a criticar o apoio que o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, teria dado à legalização das drogas, e cobrou do presidente Luiz Inácio Lula da Silva um esclarecimento sobre se o ministro fala em nome do governo em relação a esse tema.

Fonte:DCI Comércio
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 21:27 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO