notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
6.5.09
RIO - Museus da Europa e de outros cantos do mundo celebram o Dia Internacional do Museu no terceiro fim de semana de maio. Em 30 anos desde que foi criada, a iniciativa vem ganhando adeptos em países da Europa, Ásia e das Américas. Entrada franca, horário de visitação estendido e transporte público integrado gratuito, são alguns dos atrativos para chamar o público, além de uma programação especialmente elaborada para a ocasião.
O Dia Internacional do Museu foi criado em 1977 pelo Icom (Conselho Internacional de Museus, na sigla em inglês) sob a data sugerida de 18 de maio (ou dia próximo) para disseminar o conhecimento do papel dos museus no desenvolvimento da sociedade. Todo ano, o evento tem um tema. Em 2007, o Icom celebrou a "Herança mundial" e, no ano passado, incluiu as comemorações da data no primeiro evento em museus virtuais no The Tech Museum of Innovation , no Second Life. Já na vida real, o evento de 2008 teve número recorde de participantes, com mais de 20 mil museus em 90 países.
Este ano, com o tema 'Museus e turismo', as instituições vão priorizar o turismo sustentável, mostrando como acervos culturais podem beneficiar o relacionamento entre as comunidades anfitriãs e os visitantes. Museus e centros culturais vão abrigar concursos, oficinas, conferências, apresentações, além de ficarem abertas noite e dia oferecendo tours especiais sobre seus acervos e a localidade.
No Canadá, Montreal dedica o último domingo de maio (31/5) ao tema, celebrando a arte, história e as ciências. Cerca de trinta museus na cidade abrirão suas portas gratuitamente, com oferta integrada de transporte público. Na América Central, a Guatemala dedica o mês de maio aos museus com uma vasta programação em diversos estabelecimentos.
Desde 2001 a Europa promove a Noite dos Museus, com instituições participantes dos 39 países signatários da convenção cultural do Conselho da Europa. Por isso, o sábado 16 de maio (mais próximo do dia 18 de maio, seguindo a indicação do Icom), foi adotado para celebrar a Noite dos Museus no continente.
Em Paris, o Louvre vai abrir no sábado, 16 de maio, com entrada gratuita das 19h à meia-noite. O Museu Picasso também prolonga sua visitação. Da mesma forma, o Centre Georges Pompidou abre suas portas até 1h do dia 17 para os visitantes apreciarem o acervo do museu, com mais de 1.300 obras de arte moderna. Mesmo com o horário de visitação estendido, os museus costumam impor um limite para a entrada, que varia conforme a instituição. Por isso, é recomendável checar os horários para visitação.
A República Tcheca abre as portas dos museus em Brno no dia 16 de maio e estende a programação em diversas cidades até o mês seguinte. Praga centraliza as atenções, com sua Noite Branca, no dia 20 de junho .
O Irã também participa do evento, com dez museus sendo inaugurados ou reabertos no dia 18 de maio. Entre eles o museu marinho de Bushehr; o Museu de Artesanato em Lorestan; o Yazdan-Panah, em Qom; e Saltmen, em Zanjan.
Na China, mais de 30 museus e organizações culturais de Pequim, Guangdong, Macau e Hong Kong vão celebrar a ocasião no fim de semana de 16 e 17 de maio. A programação de Hong Kong e Kowloon se destaca, com a 'parada-desfile' de carros 'Museums on the go", que vai percorrer os pontos turísticos e áreas comerciais da região, promovendo os museus da cidade, no domingo.
Informações adicionais sobre a programação, no site do Icom .


fonte:O Globo On Line
tags: ,
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:13  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
blogs SAPO