notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
22.4.09
CURITIBA - O prefeito de Foz do Iguaçu, no Paraná, abriu uma polêmica. Ele instalou câmeras de vigilância num posto de saúde para fiscalizar todos os detalhes do atendimento ao público, mas nem todo mundo aprovou a ideia. As câmeras e o microfone vigiam a recepção, a farmácia, o cartão ponto. As imagens e as conversas vão pela internet diretamente para o gabinete do prefeito em tempo real, mas não há cartazes no local avisando que todos estão sendo filmados.
- Nós tínhamos muitas reclamações de mau atendimento, às vezes grosserias do público com funcionários, às vezes as pessoas ficavam sem atendimento enquanto o pessoal fazia outra coisa secundária - justificou Paulo Mac Donald, prefeito de Foz do Iguaçu.
Os equipamentos foram instalados há um mês e o prefeito garante que o atendimento melhorou. Além do prefeito, a secretária de Saúde e a chefe do posto podem acessar as imagens. Mas a novidade dividiu a opinião de pacientes.
- Eu acho importante, porque vocês sabem o que está saindo aqui: ou bom ou ruim - opinou a dona-de-casa Rosa Nunes.
- Acho que para a relação paciente-médico seria mais importante a privacidade - acredita o músico Júlio Afornali.
A novidade também não agradou os médicos e enfermeiros. Principalmente por uma das câmeras, que também tem microfone, e que foi instalada dentro da enfermaria. Muitos dos pacientes chegam em estado grave e os doentes psiquiátricos também vão para a enfermaria. Os funcionários do posto fizeram um abaixo-assinado reclamando do monitoramento. O Conselho Municipal de Saúde entendeu que a câmera dentro da enfermaria é ilegal porque fere o direito de privacidade dos pacientes.
- Essa questão de filmar o atendimento médico é ilegal - afirmou José Luiz Bertoli, presidente da Associação Médica de Foz do Iguaçu.
O conselho então enviou um ofício para o prefeito exigindo a retirada imediata do equipamento, mas o prefeito diz que não vê constrangimento nenhum na vigilância e que vai instalar câmeras nos outros 28 postos de saúde de Foz do Iguaçu.
- Vou colocar em todos os postos, inclusive nas enfermarias, com microfone -
O Conselho Municipal de Saúde encaminhou o caso para o Ministério Público.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 07:45 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO