notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
21.6.09
RIO - A polícia investiga se uma menina de 4 anos, que morreu sexta-feira no Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, foi vítima de espancamento. Ela sofreu traumatismo craniano, estava com os pulsos quebrados e tinha hematomas pelo corpo. A tia da criança, Giovana dos Santos Viana, e a filha dela, Lilian Viana, são suspeitas da agressão. As duas negam a acusação.
A menina e o irmão, de 12 anos, são austríacos, mas teriam vindo para o Rio há dois anos, trazidos pela mãe, Maristela dos Santos, sem a permissão do pai, o austríaco Sacha Zanger. Com problemas psiquiátricos, Maristela desapareceu e a guarda das crianças foi dada à tia. Ao "RJ-TV", o pai, que chegou ao Brasil na sexta-feira, reforçou que quer a guarda do filho de volta:
- A minha filha eu não vou ter mais de volta. Agora, a única coisa que eu tenho é meu filho.
O conselheiro tutelar de Santa Cruz, Marcelo Machado, disse que recebeu, no último dia 12, informações da UPA de Santa Cruz de que a menina chegou à unidade com sinais de espancamento. No dia seguinte, o Disque-Denúncia também recebeu ligações informando maus-tratos contra a criança. O irmão disse, inicialmente em depoimento no Conselho Tutelar, que dava banho na irmã quando ela caiu e se machucou. Mas, ontem em entrevista ao "RJ-TV", o menino disse que vinha sendo coagido pela tia.
Um laudo inicial do Hospital Adão Ferreira Nunes mostra que a menina estava com hematomas espalhados pelo corpo, o que reforça a hipótese de abuso físico. Ela ficou uma semana em coma internada na unidade. O conselheiro Marcelo Machado informou que o irmão da vítima foi levado para a casa de um outro parente da mãe, por solicitação da Justiça, até que o caso seja totalmente apurado.
O pai chegou na sexta ao país. Ele contou que pagou durante anos uma pensão alimentícia de 1,4 mil euros (cerca de R$ 3,7 mil) a mãe das crianças. No último dia 17, dois dias antes da morte da menina, ele conseguiu na Justiça Federal um mandado de busca e apreensão das crianças. No entanto, o mandado não chegou a ser cumprido.


O Globo On Line
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:07 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO