notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
14.3.09
RIO - Os dois adolescentes que morreram na sexta-feira na cachoeira Paraíso, no Morro do Banco, no Itanhangá, serão sepultados neste sábado, no cemitério São João Batista, em Botafogo. Moradores da Rocinha, os estudantes Vanessa Gomes Pontes e Gabriel Magalhães, de 12 e 13 anos, respectivamente, deixaram de ir à escola na sexta-feira para ir à cachoeira com mais três amigos. Por volta das 17h, o casal de namorados resolveu subir mais a cachoeira para tirar fotos e escorregou.
Gabriel morreu na hora e Vanessa foi resgatada viva pelo vigia José Cláudio Silva de Oliveira, morador do Morro do Banco, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu antes de chegar ao hospital. Os dois adolescentes inicialmente tinham sido incluídos na lista das vítimas do temporal que atingiu a cidade no fim da tarde de sexta.
Na sexta, um temporal de cerca de uma hora castigou a Região Metropolitana do Rio no fim da tarde. Em Caxias, na Baixada Fluminense, um homem foi atingido por um raio no aterro sanitário de Gramacho, onde estaria trabalhando. ( veja imagens de leitores da chuva na cidade ). Ele foi socorrido por colegas e foi levado para o Hospital de Saracuruna, onde já chegou com uma parada cardíaca e morreu.

Saiba mais sobre o temporal que atingiu o Rio
A chuva forte, que começou na Zona Oeste pouco depois das 18h, rapidamente chegou à Zona Sul e ao Centro, deixando algumas das principais vias de acesso da cidade cheias de bolsões d'água ou completamente alagadas. Em menos de meia hora, quem passava pelas principais vias da Barra já sofria com os bolsões d'água e o trânsito congestionado. No momento do temporal, quem seguia pela Avenida Radial Oeste ou pela Praça da Bandeira em direção ao Centro enfrentava bolsões d'água e fluxo lento. A Avenida Presidente Vargas ficou bastante engarrafada em direção à Zona Norte.
O temporal veio acompanhado de ventos fortes e muitas trovoadas. Alguns bairros da cidade, como Santa Teresa, Bangu, Jacarepaguá, Realengo e Campo Grande, tiveram problemas com o fornecimento de energia durante o temporal. A Central do Brasil ficou 15 minutos apagada por causa de intensa descarga elétrica, chegando a ser atingida por um raio. O Aeroporto Santos Dumont ficou fechado para pousos e decolagens por cerca de uma hora. Já o Tom Jobim teve de operar por instrumentos. Barcas circularam com velocidade reduzida .
O temporal tinha sido previsto pela meteorologia. De acordo com o Instituto Climatempo, o tempo quente e úmido e a aproximação de uma frente fria favoreceram a formação de nuvens carregadas que castigaram a cidade. A previsão é de tempo instável no fim de semana.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 16:11  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
blogs SAPO