notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
24.5.09
Medo de ficar preso em elevador é uma das fobias mais comuns

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, claustrofobia e agorafobia não são medos de lugares fechados e abertos, respectivamente. O pânico está em ficar preso em locais de difícil acesso, o que poderia impedir a chegada do socorro.
Maura de Albanesi, psicoterapeuta e coordenadora do Instituto de Psicoterapia Avançada, diz que estes problemas são distúrbios de ansiedade em que pessoas projetam o medo em uma situação que ainda não ocorreu.
"A pessoa fica com o medo antecipado. A gente pode até fazer uma comparação entre síndrome do pânico, claustrofobia e uma simples fobia, que são variações de graus diferentes de uma ansiedade", explica.
Os sintomas, que se assemelham aos da síndrome do pânico, são sudorese, taquicardia, tontura e até desmaio. A diferença é que os claustrofóbicos e agorafóbicos não tem medo da morte, mas de não serem socorridos nestes locais.
"Se a pessoa não precisar frequentar estes espaços abertos ou fechados, ela toca a vida. O problema é quando ela precisa daquilo. Normalmente, recorre-se a um tratamento quando ela se vê nestas situações", comenta.
De acordo com Albanesi, o tratamento é feito por meio de psicoterapia, que busca entender o que gerou o medo, como uma situação traumática em que a pessoa ficou presa em um elevador. Caso necessário, é receitado um ansiolítico para a pessoa diminuir a sua ansiedade.
As fobias mais comuns são medo de elevador, de avião, de dirigir e de altura. Neste último caso, a psicoterapeuta explica que os fóbicos chegam a "travar" e não conseguem andar quando estão atravessando uma ponte, como no caso de uma ex-paciente que tratou.
"Ela ficou parada no pontilhão e a família toda me ligou porque ninguém conseguia tirar ela dali. Fui falando por telefone: 'respira, fica tranquila, vê se tem alguém do teu lado, segura a mão dessa pessoa. Você não está correndo perigo, escuta a minha voz e vai dando um passo por passo'. E, ela em pânico, não conseguia nem falar, como se estivesse petrificada. Mas ela conseguiu enfrentar."

Por: VANESSA TEODORO
da Folha Online

Veja as dicas dos bombeiros:

NUNCA tente sair pelo buraco.. ou parte aberta!

O procedimento correto é o seguinte:

Aperte o botão do alarme, ou o que indica que está avisando alguém.

Sente-se num canto; em caso de descontrole emocional, abaixe a cabeça e feche os olhos, aguarde calmamente que venha o socorro. É uma questão de tempo. Procure lembrar-se que você está trocando tempo por segurança.

Não aceite ajuda de estranhos, e nem saia com o elevador aberto pela metade (ele pode subir ou descer de repente). O bombeiro, assim que chegar, vai desligar a chave geral da casa de máquinas e testar com um aparelho se o elevador está parado mesmo, e totalmente inoperante. Em seguida, ele avisa o outro bombeiro (via rádio) que faça o procedimento junto à porta do elevador e este (elevador) vai subir, ou descer, completando o ciclo normal e parando em ponto seguro.

Além disso, o elevador tem freios, suportes, ganchos, tudo que oferece proteção total, e jamais um elevador cai, sem mais nem menos.

Portanto, a pessoa tem que se manter calma e sem pressa. Mesmo porque tem ar suficiente dentro dele (circulação de ar), e um grupo de pessoas pode ficar ali por várias horas sem problemas!

Além disso, ANTES de entrar sempre olhar se o elevador está parado. ESPERAR que as pessoas saiam ANTES de você entrar, e ficar atento para o número de ocupantes; se está compatível com o peso que diz na placa! Quando muito cheio, evite entrar, pois pode haver problema!

Então, resumindo, se ficar preso só saia com ajuda dos bombeiros e não do zelador, ou de um "abelhudo" que diz que tudo "já está sob controle".

E, em caso de incêndio, JAMAIS use o elevador. Somente faça uso da escada.

Bombeiros - telefone de emergência: 193.

Fonte e Foto: Blog do Vítor
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:32 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO