notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
18.1.09
Não é fácil que um médico perca o diploma e, assim, deixe de exercer a profissão. Um levantamento do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) revela que, dos 232 médicos denunciados à instituição por assédio sexual entre 2002 e 2008, apenas um foi cassado — ou seja, perdeu o direito de trabalhar na área em que se formou. Outros tipos de punição, apesar de mais leves, também são raras.
Nos últimos sete anos, dois médicos acusados de assédio foram suspensos por 30 dias e um recebeu uma advertência. O estado de São Paulo tem cerca de 100 mil médicos. Há pouco mais de uma semana, tornou-se pública a suspeita de que o médico Roger Abdelmassih, um dos principais especialistas em reprodução assistida no país, teria cometido crimes sexuais. Na última sexta, passava de 30 o número de mulheres que dizem ter sido vítimas de Abdelmassih. Ele nega.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 20:46  comentar

De Anónimo a 22 de Janeiro de 2009 às 17:24
Nada é fácil nesse país para quem não dispõe de muitos sifrões na testa.
Quando as mulheres são vítimas de abusos sexuais então nem se fala. As vítimas são logo condenadas por serem bonitas, daí vem a conversa de que foram elas que provocaram tarados dessa extirpe.
O que restam a essas mulheres?
Restam chorar, e carregar dentro de si uma vergonha imensa, onde se sintam sujas e culpadas, enquanto esses tarados endinheirados continuarão a serem recebidos em jantares de gala, iates, revistas e programas de tv.
Da nojo de um tudo, da nojo viver num país onde a justiça tende a ser a mais injusta possível, com promotores, juízes,desembargadores, ministros completamente imparciais, com raríssimas excessões.
As mulheres vitimadas por esse canalha não podem permanecer caladas, devem unir-se para não virarem palhaças nesse circo de horror.

De Maria Célia a 22 de Janeiro de 2009 às 17:49
Concordamos com você e esperamos que tudo seja esclarecido e se elas conseguirem e se unirem...punição grave para ele.
Tomara que o dinheiro e a fama não consigam que a JUSTIÇA não se faça presente e breve!!!
Publicaremos seu comentário.
Obrigada por sua opinião

Maria Célia e Carmen

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO