notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
5.5.09
Eram 10h30 da manhã quando dois funcionários da Embaixada do Irã em Brasília comunicaram à gerência do Hotel Alvorada, às margens do lago Paranoá, em Brasília, o cancelamento das reservas de quase cem apartamentos feitas havia três semanas.
A Folha testemunhou o momento em que os dois funcionários, visivelmente constrangidos, tentavam explicar que Mahmoud Ahmadinejad e sua grande delegação de ministros, assessores, seguranças e empresários haviam desistido da viagem.
No mesmo momento, uma secretária tentava antecipar por telefone as passagens de volta a Teerã dos 15 membros da delegação iraniana que já estavam em Brasília.
Ironicamente, a delegação de Ahmadinejad esteve hospedada no mesmo hotel que o ex-presidente americano Jimmy Carter, pivô da ruptura entre Teerã e Washington.
Irã e EUA romperam laços em 1980, depois que militantes ligados à Revolução Islâmica tomaram 52 reféns na embaixada americana em Teerã em represália ao asilo dado por Carter ao xá deposto. O sequestro durou 444 dias e abriu a era de sanções contra o Irã.

As delegações chegaram a se cruzar, quando Carter e sua comitiva saíam do hotel. Ninguém se cumprimentou.

SAMY ADGHIRNI


fonte:Folha Online
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:29  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
blogs SAPO