notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
15.6.09

Data: segunda-feira, 15 de junho Hora: 7 horas Local: Av. Beira Mar -em frente à Praça dos Estressados Hora: 14 horas Local: Auditório da Procuradoria Geral do Estado

"O tempo deixa marcas que a gente vê" e "A violência deixa marcas que a gente sente". Estes são os motes da campanha realizada pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), por meio da coordenação de Proteção Social Especial, nesta segunda-feira, dia 15 de junho, referente ao Dia Mundial de Conscientização da Violência à Pessoa Idosa. A mobilização visa sensibilizar a comunidade para a questão da violência contra o idoso, a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social realiza mobilização com distribuição de material e vai se realizar na Beira Mar, a partir das 7 horas, com a distribuição de panfletos esclarecendo e sensibilizando a comunidade para a defesa dos direitos dos idosos.
Ainda no dia 15, seguindo com as ações da campanha, a STDS, em parceria com a Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) do Estado do Ceará, promove Audiência Pública para discutir políticas públicas voltadas para o bem estar e o combate à violência contra o idoso. O evento será no auditório da Procuradoria, onde as secretarias estaduais convidadas, a sociedade civil e instituições públicas e privadas explanarão sobre suas ações no tocante ao fomento de iniciativas do poder público e da sociedade civil voltadas para a terceira idade.
Na oportunidade, Mary Anne Libório, Coordenadora de Proteção Social Básica, irá expor sobre os onze Grupos de Convivência, a Unidade de Abrigo que realizam atividades no sentido de envolver o idoso em atividades culturais, artísticas e de esclarecimento dos seus direitos como cidadãos.
"A data é celebrada como uma tradução das necessidades que toda a sociedade percebeu em se cuidar com mais carinho e atenção daqueles que construíram os alicerces do que temos hoje", declara Fátima Catunda, titular da STDS.
No tocante à violência contra os idosos, atua ainda através do Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa - CIAPREVI, No equipamento governamental são desenvolvidas ações de prevenção à violência contra o idoso. O Centro Integrado constitui-se um espaço institucional para recebimento de denúncias, encaminhamentos e propostas de solução das necessidades e problemas dos idosos que vivem no Ceará. Ao todo, o Governo do Estado, por meio da STDS, atende a 1.300 homens e mulheres na terceira idade no estado do Ceará.

NÚMEROS DO ESTADO
Segundo o Senso de 2000, dos 7,4 milhões de habitantes do estado do Ceará, 8,87% da população (658.989) é composta de pessoas com idade acima de 60 anos. Desse contingente, 61,6% são chefes de família e apesar disso encontram-se em situação de vulnerabilidade social. Mais da metade deles não tem instrução e quase 70% não tem rendimento ou recebem no máximo um salário mínimo. Em 2008, o Governo Federal repassou o Benefício de Prestação Continuada ? BPC, para os municípios cearenses no valor de R$ 274,9 milhões, beneficiando um total de 58.796 idosos em todo o estado.

Serviço
A panfletagem da STDS ocorre na segunda-feira, dia 15, na Beira Mar, a partir das 7 horas da manhã, com concentração na Praça dos Estressados. Os colaboradores e técnicos da STDS distribuirão panfletos sobre o CIAPREVI, blusas e bonés para os transeuntes. A Audiência Pública se dá às 14 horas no auditório da PGJ.

Assessoria de Comunicação Social e EventosSecretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento SocialJornalista Responsável: Carlos Eugênio Saraiva NogueiraRedação: Vinícius AugustoFone: 3101.4599 / 2089 - Cel: 8878.8510 / 9987.0400E-mail: imprensa@stds.ce.gov.brimprensastds@gmail.com



AVOL
link do postPor anjoseguerreiros, às 09:03  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





arquivos
blogs SAPO