notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
20.4.09
A Comissão de Direitos Humanos e Minorias realiza nesta quarta-feira (22) audiência pública para discutir o caso do menino Sean Goldman, 8, que vive no Rio de Janeiro e cuja guarda é disputada pelo pai americano, David Goldman, e pelo padrasto brasileiro.
O debate foi proposto pelos deputados Luiz Couto (PT-PB) e Rita Camata (PMDB-ES) e acontecerá por volta das 14h no plenário 9 da Câmara. Foram convidados para a audiência o ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Vannuchi, o advogado-geral da União, José Antônio Dias Toffoli, e a avó materna de Sean, Silvana Bianchi Carneiro Ribeiro.
David Goldman tenta recuperar a guarda o filho desde 2004, quando a brasileira Bruna Bianchi viajou para o Rio de Janeiro para visitar os pais e não voltou aos Estados Unidos.
Em agosto de 2008, Bruna morreu durante o nascimento da primeira filha com o novo marido, o advogado João Paulo Lins e Silva. O padrasto é quem detém a guarda do garoto.
O caso tem sido discutido por autoridades do Brasil e dos Estados Unidos. Em visita aos EUA no mês passado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou que a disputa será decidida pelos tribunais brasileiros. O assunto foi tratado em encontro de Lula com o presidente norte-americano, Barack Obama, na Casa Branca.
A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, tem defendido que a guarda de Sean seja concedida ao pai biológico. Já o Congresso dos EUA aprovou em março duas resoluções pedindo que o menino seja devolvido ao pai. A resolução do Senado pede que o Brasil siga a Convenção de Haia sobre os Aspectos Civis do Sequestro Internacional de Crianças.
No Brasil, o tema foi discutido em audiência pública no Senado, em 25 de março, quando diversos senadores defenderam a permanência de Sean no país. Na audiência, Paulo Vannuchi disse esperar que a família brasileira e o pai biológico cheguem a um acordo para que ambos possam conviver com a criança.



link do postPor anjoseguerreiros, às 21:28  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO