notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
5.4.09
RIO - A população de Angra dos Reis está há quase dois anos sem uma das oito sirenes que compõem o sistema de alerta de acidentes das usinas nucleares instaladas no município. O equipamento, avaliado em R$ 200 mil pela Defesa Civil Nacional, foi roubado em 15 de junho de 2007. Há um inquérito aberto na Polícia Federal para investigar o crime. Segundo a Secretaria Nacional de Defesa Civil, a falta de uma das sirenes não compromete a segurança dos moradores do município, já que o sistema de alarmes foi dimensionado para cobrir a eventual ausência de um dos equipamentos.
O órgão informou ainda que está fazendo, neste momento, uma licitação para adquirir as peças de reposição e, na compra, aproveitará para obter um sistema reserva de sirenes. O prazo para a reposição das peças, no entanto, não foi informado. Também está sendo licitada a reforma de todas as torres de sirene e a atualização dos dispositivos de segurança, violados durante o furto.
O equipamento roubado fica numa região chamada Ponta do Coibá. Há ainda sirenes no Pingo d'Água, no Condomínio do Frade, no Iate Clube, no Morro da Constância, no Sertãozinho, na Praia Vermelha e no Barlavento. As sirenes foram instaladas numa área habitada dentro de um raio de cinco quilômetros ao redor da central de usinas nucleares.


link do postPor anjoseguerreiros, às 09:24  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO