notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
28.1.09

Grupos cobrem estruturas públicas com peças de tricô customizadas.

Um movimento criado nos Estados Unidos vem ganhando adeptos ao redor do mundo: o de cobrir propriedades públicas com tricô.
Os grupos já "embrulharam" árvores, corrimãos, postes de luz, hidrantes, semáforos e outras estruturas públicas com tricô.
Chamado de Yarn Bombing (Bombardeio de novelos, em tradução livre), o movimento começou com a americana Magda Sayeg há três anos em Houston, no Texas.
Sayeg cobriu o trinco da porta de sua loja de roupas com tricô e chamou a atenção do público. O interesse pelo detalhe de tricô a inspirou para criar o grupo KnittaPlease e reunir interessados no mesmo tipo de trabalho manual.
saiba mais
"A idéia é bombardear a cidade com trabalhos de arte tricotados e vibrantes, embrulhar com tricô coisas simples, como uma garrafa de cerveja a monumentos públicos e estruturas urbanas", disse Sayeg.
Sayeg criou um website para publicar fotos dos monumentos e objetos cobertos com o tricô e formou a base para outros grupos também publicarem os objetos tricotados ao redor do mundo.
O movimento já se espalhou por países como Holanda, Suécia, Finlândia, Canadá, China, Austrália e Grã-Bretanha.

Ousadia
Um dos projetos mais ousados já realizados por Sayeg foi cobrir um ônibus com tricô.
Segundo ela, o trabalho levou uma semana e contou com dezenas de voluntários.
"Usamos agulhas bem grossas e dezenas de novelos para cobrir o veículo todo", disse ela.
Ela diz que o movimento é uma forma de "grafitti", mas com lã.
"Usar o tricô como forma de grafitti é um fenômeno interessante e não há outro hobby melhor do que esse", disse ela.
No Canadá, um livro sobre o movimento está previsto para ser publicado até o final deste ano.
Yarnbombing: The Art of Knit Graffiti (Yarnbombing: A Arte do Grafitti de tricô), de Mandy Moore and Leanne Prain, vai trazer fotos e a história dos primeiros grupos do movimento.
fonte:G1

link do postPor anjoseguerreiros, às 12:44 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO