notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
23.1.09

Mariana Bridi, que teve mãos e pés amputados, tem hemorragia contida

VITÓRIA - A modelo capixaba Mariana Bridi, 20 anos, que amputou mãos e pés após infecção urinária, foi submetida a nova cirurgia no Hospital Dório Silva, em Serra (ES). Desta vez, para conter uma hemorragia interna. Segundo parentes, seu estado de saúde, muito grave, teve uma pequena piora por causa da operação, mas ela está lúcida.Blog do site http://www.marianabridi.com.br/, feito por amigos, informa que o estômago da modelo foi retirado para conter a hemorragia, mas a informação não foi confirmada oficialmente. A Secretaria Estadual de Saúde do Espírito Santo não informou a nova cirurgia e não quis comentar a hipótese de o problema ter começado devido a infecção hospitalar, como cogitaram especialistas ouvidos por O DIA. O último boletim dava conta de que o estado de saúde não havia se alterado.Segundo o namorado da modelo, Thiago Simões, 29 anos, os médicos conseguiram conter a hemorragia, mas ontem ela parecia um pouco mais debilitada. Mariana responde a estímulos, mas está sedada e respira com auxílio de aparelhos. “Ela abriu os olhos quando a chamei”, contou Thiago.

Campanha por doações de sangue

Por causa das cirurgias, a modelo Mariana Bridi precisa de doações de sangue. Seu tipo sanguíneo, ‘O’ negativo, é mais difícil de ser encontrado na sociedade e por isso está sendo feita uma campanha para doações.Na esperança de que ela se recupere, amigos e parentes também tentam arrecadar doações para eventuais próteses para Mariana. O caso causou comoção não só no Espírito Santo, mas também em várias partes do mundo. O site oficial da modelo vem recebendo mensagens de apoio de diversos países. Em sua página no Orkut, há centenas de recados de apoio e solidariedade. Amigos também incentivam as doações sangue pelo site de relacionamento.

fonte:ODIA ONLINE
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:59  comentar

De carmen monari a 23 de Janeiro de 2009 às 13:38
um leitor anônimo escreveu em outra postagem sobre a modelo, de que seria horrível viver dessa maneira.
fiquei pensando à respeito e cheguei à conclusão, de que meu amor pela vida valeria mais do que meus pés e mãos.
enquanto o cérebro estiver ileso, vejam bem, creio que é possível haver superação.
ainda que a situação de mariana tenha piorado,estarei torcendo para que ela possa recuperar-se.
Carmen

De Anónimo a 23 de Janeiro de 2009 às 18:59
Carmem
Que tipo de superação pode haver para uma menina que adorava ser linda, vivia do glamour das passarelas, e necessitará de ajuda permanente?
Seus pais são pessoas humildes, sem nenhuma condição financeira para bancar qualquer tipo de tratamento, medicamentos, próteses, fisioterapeutas, corpo de enfermagem (são necessáios no mínimo três), além de uma alimentação equilibrada devido a diminuição do estômago.
A mãe em entrevista a um canal de tv diz que a filha fala. Deus Pai!
Como pode uma pessoa em estado gravíssimo, entubada, falar qualquer coisa?
Me desculpe, mas essa menina num primeiro momento até pode ter vontade de viver, mas depois ....
Lembram-se daquele filme Menina de Ouro?
Só que a história da Mariana não é ficção.

De carmen monari a 23 de Janeiro de 2009 às 20:49
Prezado leitor
Permita-me discordar de você. Tenho contato direto com deficientes físicos e intelectuais. Não acho que devam ser considerados como pessoas incapazes, infelizes e inúteis. Claro que uma menina linda, com um futuro promissor como modelo teria uma recuperação difícil e demorada, não só do ponto de vista emocional como de reabilitação, mas insisto que, desde que o cérebro não tenha sofrido danos e sua dificuldade seja ter os pés e as mãos amputados, viver ainda seria possível, com grandes possibilidades de realização.
Claro que uma vida vegetativa e completamente dependente não é uma situação que se deseje a ninguém, mas não era esse o caso, até a amputação.
Em relação ao valor das próteses; conheço pessoalmente quem teve as suas doadas e acho que devido á repercussão do caso não seria impossível para ela.
Veja,estou dizendo apenas , que EU, nesta situação, ainda preferiria viver.
Obrigada por sua participação são opiniões como a sua que nos instiga a uma maior reflexão.
carmen

De Anónimo a 23 de Janeiro de 2009 às 23:38
Que DEUS faço o melhor para ela.... minha familia esta vivendo a mesma situação minha tia amputou as duas pernas corre o risco de amputar as mãos hj dia 23/01/09 faz um mes que ela se encontra na uti.... Que DEUS conforte o coração desta familia... dor não se mede mais posso entender como esta familia esta sofrendo....

De Maria Célia a 24 de Janeiro de 2009 às 07:54
Certamente o que ela tiver que passar , ninguém vai poder modificar, somente ajudá-la .
Qualquer que seja seu destino, todos terão que se preparar.
No presente momento temos que pedir que todos tenham muita força para superar.

Agradeço sua visita

Maria Célia

De Anónimo a 24 de Janeiro de 2009 às 11:42
Descanse em paz!!!

De Anónimo a 24 de Janeiro de 2009 às 11:48
Carmem
Você teve oportunidade de conviver com amputados de mãos e pés?
Não me refiro a cadeirantes. Estou me referindo a uma jovem linda, que perseguia um sonho, e que se sobrevivesse seria dependente de outras pessoas para sempre.
O mundo é cruel, e mais cruel ainda para deficientes.
Deus fez o que foi melhor por ela, acredite.

De Maria Célia a 24 de Janeiro de 2009 às 11:48
Pode ter a certeza de que agora está descando em PAZ para sempre!
Obrigada por sua visita

Maria Célia e Carmen

De ju10horas a 26 de Janeiro de 2009 às 21:07
acho que esse e o 1° caso de ter amputador as pernas e punhos por causa de uma inflamação urinaria nunca ouvie falar dessa ipoteze ter acontecido por causa disso ... espero que descubram direito o que aconteceu com essa jovem ... tou abismada com essa ipoteze

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Janeiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO