notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
13.5.09

Cor do cartão corresponde ao grau de cuidado do morador na prevenção.
Projeto é desenvolvido pelo Centro de Controle de Zoonoses.

Do G1, em São Paulo, com informações da TV Integração

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Uberlândia (MG) começou a utilizar um sistema diferente para evitar a proliferação do mosquito da dengue. Cartões coloridos são distribuídos para a população de acordo com o grau de risco de infestação. Moradores de residências com maior risco recebem cartão vermelho.
O sistema de cartões coloridos para orientar e identificar moradores, de acordo com o grau de cuidado na prevenção da dengue, foi implantado há menos de dois meses em Uberlândia. Além de advertir, serve como ferramenta para os agentes do CCZ.
“Há um efeito psicológico”, afirma José Humberto Arruda, coordenador do programa de Combate à Dengue. “O cartão vermelho, por exemplo, faz com que o morador se sinta advertido e, muitas vezes, até na obrigação de fazer algo para que o próximo cartão seja verde”.
A regra é simples e lembra o que ocorre com as luzes dos semáforos. O cartão verde significa que a situação é normal na residência e não há pontos com possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti. Se o morador receber um cartão amarelo, significa que ele deve ter atenção e redobrar os cuidados. Caso o cartão seja vermelho, os moradores são orientados a agir contra o mosquito transmissor da dengue.
Desde o início do ano, Uberlândia registrou 60 casos de dengue. Apesar do trabalho preventivo, cenas como a de caixas d’água destampadas são comuns. Os agentes do CCZ vedam, em média, 30 caixas por dia na cidade.
Na garagem do mecânico José Eustáquio, por exemplo, há risco iminente. Ele recebeu um cartão amarelo por causa das várias samambaias no local, com pratos sem areia e sem furos para escoar a água.
Depois de contrair dengue por duas vezes, a dona-de-casa Maria Martins resolveu não facilitar. A limpeza em sua casa é feita com muito cuidado e atenção.
Em 2009, em Minas Gerais, já foram notificados 39.828 casos de dengue clássica e confirmados 32 de febre hemorrágica, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.
tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 10:49  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
blogs SAPO