notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
18.5.09
O número de denúncias das cidades da região feitas para o Disque 100, serviço do governo federal que recebe informações de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, cresceu em 71% de 2007 para 2008. No total foram 342 registros em 2007, contra 585 no ano seguinte. O maior número aparece em São Bernardo (193), seguido por Santo André (160) e Diadema (108).
Desde 2003 sob coordenação do poder público, o Disque 100 é um serviço de discagem direta e gratuita disponível para todos os Estados brasileiros. Os casos são encaminhados aos conselhos tutelares e varas da Infância e Juventude.
Para o integrante do Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), Ariel de Castro Alves, a repercussão da morte de Isabella Nardoni (em março do ano passado) e dos irmãos esquartejados de Ribeirão Pires (setembro do ano passado) gerou uma sensibilização da sociedade sobre a violência contra crianças. "Mesmo assim, o Disque 100 ainda é uma ferramenta pouco conhecida. Os municípios precisam fortalecer os trabalhos para dar mais visibilidade às formas de denúncia. Os casos revelados são só a ponta do iceberg do problema."
A psicóloga e coordenadora do Crami (Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância do ABCD), Ligia Vezzaro Caravieri, lembra que a fragilidade da criança e o histórico de pais são fatores predominantes para a violência sexual. "A maioria dos casos são com crianças de 7 anos, geralmente filhos de pais que foram violentados em suas infâncias."
O Disque 100 funciona diariamente das 8h às 22h, inclusive aos fins de semana e feriados. As ligações são sigilosas.

Por:Vanessa Fajardo e Kelly Zucatelli para o Diário do Grande ABC

LIGUE 100
TODAS AS PESSOAS QUE DESCONFIEM OU QUE TENHAM CONHECIMENTO DE VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA MENINOS E MENINAS TEM O DEVER DE DENUNCIAR.
ALÉM DO DISQUE-DENÚNCIA, SOB A RESPONSABILIDADE DA SECRETARIA ESPECIAL DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, AS DENÚNCIAS PODEM SER ENCAMINHADAS AOS CONSELHOS TUTELARES, AO MINISTÉRIO PÚBLICO, À DELEGACIA DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE, AO JUIZADO DA INFÃNCIA, OAB, SECRETARIA DA SAÚDE, POLÍCIA MILITAR E DELEGACIAS DE POLÍCIA.
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:43 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO