notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
31.12.08
RIO - Muitos turistas e cariocas já esperam a chegada do Ano Novo na Praia de Copacabana, principal palco das festas de réveillon no Rio, nesta quarta-feira pela manhã. Apesar do céu encoberto, faz calor, com temperaturas próximas dos 30 graus Celsius, e a maioria das pessoas aproveita para caminhar no calçadão e na pista sentido Leme da Avenida Atlântica, que está fechada.
Junto aos prédios, a mão está invertida desde o início da manhã e carros estacionados estão sendo rebocados, já que foi proibido parar no local desde as 23h de terça-feira. No palco dos shows está quase tudo pronto. Daqui a pouco, a bateria do Acadêmicos do Salgueiro realiza a passagem de som.
Na orla, a ocupação dos hotéis já beira os 100% desde a última segunda-feira, segundo o secretário municipal de Turismo, Rubem Medina. De acordo com números da Associação Brasileira da Indústria dos Hotéis (ABIH), em toda a cidade, excluindo o Centro, essa taxa é de 94,2%, enquanto as previsões apontavam uma ocupação entre 70% e 80%.
- Alcançamos resultados melhores do que em momentos sem crise. Na prática, é impossível fazer reservas nos hotéis da orla hoje. Na contramão desse quadro, outros destinos internacionais apresentaram redução na procura neste fim de ano - afirmou Medina. Câmeras auxiliarão na segurança
De acordo com a Riotur, são esperados cerca de 650 mil turistas na cidade para o réveillon. Apenas em Copacabana, estima-se que 2 milhões de pessoas assistam à queima de fogos e aos shows da virada. E toda essa multidão deve estar mais segura, ou pelo menos mais vigiada. Policiais militares estarão 24 horas observando toda a orla de Copacabana e no Leme. Desde ontem, 16 câmeras - dez delas em Copacabana - estão monitorando toda a movimentação nos dois bairros, mais dos que as dez do ano passado. Segundo o superintendente de Comando e Controle da Secretaria de Segurança Pública, tenente-coronel Claudio Almeida Neto, as câmeras foram instaladas a cada 500 metros, ao longo da praia.
A capacidade de cada olho eletrônico é de monitorar em um ângulo horizontal de 360 graus e em um vertical de 210 graus. As imagens serão transmitidas via ondas de rádio para uma central de monitoramento no 19 BPM (Copacabana), onde quatro policiais estarão de plantão e ligados diretamente com as equipes que despacham as patrulhas para o local de ocorrência.

link do postPor anjoseguerreiros, às 12:36 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26



arquivos
visitas
subscrever feeds
blogs SAPO