notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
17.5.09

No ano passado, foram registrados 679 casos dessa violação aos direitos de meninas e meninos pelo Disque 100, dos quais 396 foram de abuso e 283 de exploração sexual
Goiás ocupa a quarta posição no ranking dos estados brasileiros em número de denúncias de exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes recebidas pelo Disque Denúncia Nacional (Disque 100). Entre 2003 e 2009, foram efetuadas mais de 3,4 mil ligações do gênero. No ano passado, o serviço registrou 679 casos, dos quais 396 estavam relacionados a abuso sexual e 283 a exploração sexual de meninas e meninos. Com base nestes números, e como parte das atividades referentes ao Dia de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), a Câmara Municipal de Goiânia (GO) promove hoje audiência pública para discutir o tema no auditório da Casa. O evento foi criado a partir da parceria do Fórum Goiano de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescente com os vereadores Elias Vaz (PSol) e Cidinha Siqueira (PT). De acordo com o vereador Elias Vaz, o tema ainda é tabu na sociedade, o que exige uma radiografia completa do problema. A partir do mapeamento da exploração sexual infanto-juvenil no estado será possível elaborar políticas públicas eficazes para combater a prática. O coordenador do fórum goiano, Joselano Santos, afirma que esta é só a ponta do iceberg, pois estimativas apontam que menos de 10% dos casos de abuso e exploração sexual de meninos e meninas que vêm à tona são punidos.
[Diário da Manhã (GO) – 14/05/2009]
GO: Estado é o 4º em denúncias de exploração sexual infanto-juvenil
No ano passado, foram registrados 679 casos dessa violação aos direitos de meninas e meninos pelo Disque 100, dos quais 396 foram de abuso e 283 de exploração sexual
Goiás ocupa a quarta posição no ranking dos estados brasileiros em número de denúncias de exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes recebidas pelo Disque Denúncia Nacional (Disque 100). Entre 2003 e 2009, foram efetuadas mais de 3,4 mil ligações do gênero. No ano passado, o serviço registrou 679 casos, dos quais 396 estavam relacionados a abuso sexual e 283 a exploração sexual de meninas e meninos. Com base nestes números, e como parte das atividades referentes ao Dia de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio), a Câmara Municipal de Goiânia (GO) promove hoje audiência pública para discutir o tema no auditório da Casa. O evento foi criado a partir da parceria do Fórum Goiano de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescente com os vereadores Elias Vaz (PSol) e Cidinha Siqueira (PT). De acordo com o vereador Elias Vaz, o tema ainda é tabu na sociedade, o que exige uma radiografia completa do problema. A partir do mapeamento da exploração sexual infanto-juvenil no estado será possível elaborar políticas públicas eficazes para combater a prática. O coordenador do fórum goiano, Joselano Santos, afirma que esta é só a ponta do iceberg, pois estimativas apontam que menos de 10% dos casos de abuso e exploração sexual de meninos e meninas que vêm à tona são punidos.
[Diário da Manhã (GO) – 14/05/2009]
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:54 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO