notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
3.5.09

Uma menina afegã de 12 anos foi morta a tiros neste domingo por soldados da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), no oeste do Afeganistão, informou a polícia local. A menina estava em um carro que não parou ao se aproximar de um comboio das forças internacionais.
"Os soldados estrangeiros abriram fogo contra um veículo civil, matando uma menina de 12 anos e ferindo duas pessoas, entre elas uma mulher", declarou Abdul Rauf Ahmadi, porta-voz da polícia no oeste do país
O incidente foi registrado no distrito de Guzara da Província de Herat, indicou.
O grupo se dirigia rumo a Herat, procedente da Província vizinha de Farah, para participar de um casamento, acrescentou o porta-voz.
"Chovia e a visibilidade era muito ruim. De repente, vi luzes na minha frente e surgiu um comboio de soldados estrangeiros", explicou Ahmad Wali, 32, que dirigia o carro. "O que vi depois foi a metade do rosto de minha sobrinha que havia sumido, que minha mãe estava ferida no peito e que meu rosto estava todo ensanguentado pelos cacos de vidro do parabrisa", disse.
Um porta-voz da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan, em Herat, declarou que o carro não parou diante dos sinais de advertência feitos pelos militares italianos e que estava em alta velocidade.
"Como o carro continuou correndo, apesar dos sinais e dos tiros de aviso, os soldados abriram fogo contra o motor", disse o porta-voz das forças da Isaf. "Uma investigação está sendo realizada. ainda não está claro exatamente como a criança morreu."
As forças da Otan no Afeganistão afirmam trabalhar para diminuir o número de vítimas civis na operação contra o terrorismo --que aumentaram consideravelmente. As tropas ocidentais, que temem ataques com homens-bomba, envolvem-se com frequência em acidentes de tiros nas estradas.
As tropas têm permissão para disparar tiros de aviso se carros não reduzirem a velocidade e podem atirar diretamente em carros que não obedecem aos bloqueios.

Folha On-line
Com France Presse e Reuters
link do postPor anjoseguerreiros, às 18:09  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
blogs SAPO