notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
10.5.09
Do trio, 2 estudaram em escolas privadas e uma na Escola Técnica de Química de Nilópolis

Rio - Das cinco primeiras colocações no Enem 2008, três têm estudantes do Estado do Rio: uma de escola federal e dois de particular. No ranking das 100 melhores escolas, 87 são particulares, 12 federais e uma estadual, o CAp da Uerj. Dois colégios públicos e mais cinco particulares do estado estão entre os 20 melhores do Brasil, num universo de 26.664 escolas.
A aluna mais bem colocada no Enem da rede pública do Rio foi Rafaela da Silva Menezes, 18 anos, que ficou em 5º lugar na disputa com 2,9 milhões de estudantes em todo o Brasil. Com 96,8125 pontos na prova, a moradora de Paracambi completou o Ensino Médio no Cefet-Química de Nilópolis, sétima melhor pública do estado e 38ª do País. Atualmente, ela cursa o primeiro período de Biofísica na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Apesar de ter entrado na faculdade pelo vestibular (foi terceira colocada no curso), não esquece a emoção de quando recebeu o resultado do Enem.


LER ATENTAMENTE É ESSENCIAL
“Eu não esperava, foi uma surpresa. Todo mundo na minha cidade, que é pequena, soube e vinha me cumprimentar na rua. Mas o maior mérito é da escola, onde o ensino é melhor que nas escolas públicas normais, sem dúvida”, explica. Para Rafaela, o segredo do seu sucesso é o tempo dedicado ao estudo: “Vinha me preparando há anos. Não me desesperei”.
Terceiro colocado no ranking brasileiro com 97,62 pontos, Thales Whately, 20 anos, estudou no Colégio Salesiano de Resende, no Sul Fluminense, e hoje cursa Medicina na Uerj. Ele dá uma dica simples para quem vai fazer a prova este ano: “Tem de ler bastante. A leitura no Enem é fundamental. A prova é muito longa, e a maioria das pessoas não tem paciência de ler tudo. Acho que isso faz a diferença”.
Rafaela concorda: “A leitura é muito importante para o Enem, que tem muita interpretação de texto. É diferente do vestibular, que exige muito estudo”. O carioca Gabriel de Castro Michele, ex-aluno do colégio PH, fez 97,16 pontos. Ele ficou em quarto lugar no ranking nacional e obteve a segunda melhor colocação entre os estudantes fluminenses. Ao todo, 25 estudantes de todo o País empataram nas cinco primeiras colocações.

Vagas da Unirio serão só pelo Enem
A disputa pelas 2.733 vagas da Unirio será feita pelo Enem. A universidade, que há dois anos reserva 50% das vagas para os melhores colocados no exame, foi a primeira federal do Rio a aderir à nova seleção proposta pelo MEC. O Enem será utilizado como etapa única para acesso aos 21 cursos de graduação da Unirio.
A UFRJ anunciou ontem que é favorável à adoção do novo Enem na primeira fase do vestibular. A nota das provas objetivas do exame serviria para a convocação dos candidatos à segunda etapa, que manteria o atual modelo de provas discursivas. A Universidade Federal Rural
também se mostrou favorável ao novo exame. A decisão final de ambas caberá aos conselhos universitários. A UFF debateu o tema ontem, mas ainda não chegou a um consenso.


O DIA ONLINE
link do postPor anjoseguerreiros, às 13:08  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






arquivos
blogs SAPO