notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
2.3.09
BISSAU - Soldados mataram o presidente da Guiné-Bissau, João Bernardo Vieira, nesta segunda-feira, horas depois do chefe militar do país do oeste africano ter sido morto em um ataque a bomba, disseram moradores da capital.
Tiros de armas pesadas foram ouvidos na cidade de Bissau e não está claro quem está no controle do país.
Dois moradores, que pediram anonimato, disseram que guardas presidenciais contaram que Vieira foi morto e que seu corpo estava em sua casa.
O país com 1,6 milhão de habitantes, uma ex-colônia portuguesa, sofreu anos de golpes e conflitos civis e foi usado nos últimos anos como um canal para contrabando de cocaína da América Latina para a Europa.
Vieira é um ex-governante que foi afastado durante a guerra civil na década de 90 e voltou ao poder na eleição de 2005. Ele teve divergências com o chefe das Forças Armadas, General Batista Tagme Na Wai, que foi morto em um atentado na noite de domingo.
Tensões predominam dentro do governo de Bissau e nas forças de segurança. Em janeiro, o comando das Forças Armadas disse que milicianos contratados para proteger o presidente Vieira foram mortos a tiros.
Um membro da milícia negou que o tiroteio foi uma tentativa de assassinato, mas o comando das Forças Armadas dispensou a milícia.
A força de 400 homens havia sido recrutada como guarda pessoal de Vieira pelo Ministério do Interior depois de um ataque com metralhadoras e lança-granadas contra sua residência em novembro do ano passado.
Analistas dizem que a instabilidade política piorou nos últimos anos depois de grupos de narcotraficantes latino-americanos terem aproveitado a escassa vigilância da costa da Guiné-Bissau e suas remotas pistas de aterrissagem para introduzir o contrabando de cocaína para a Europa via África.
Os analistas afirmam que os cartéis de drogas com grandes recursos com acesso a armas, lanchas e aviões conseguiram a cooperação de autoridades nas forças armadas e do governo de um dos países mais pobres do mundo.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:16 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO