notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
9.2.09
Você encararia uma temperatura de 110 graus Celsius negativos - e sem camisa? Soa insano, né? Pois saiba que a moda já pegou na Europa. Tecnicamente, chama-se crioterapia e tem o objetivo de melhorar a pele, aprimorar o sistema imunológico, incrementar a performance esportiva e ajudar a combater doenças, como artrite, reumatismo, esclerose múltipla, dores crônicas, insônia e depressão e ajudar na recuperação de queimaduras.
O número de resorts a oferecer esse tipo de serviço, principalmente no Reino Unido, cresce. O mercado está aquecendo. Algumas celebridades já aderiram à crioterapia. O problema para nós, tupiniquins, são os modelitos usados nas câmaras supergeladas: algumas pessoas entram nelas usando apenas roupa de banho! Outro detalhe: não há calçados, só meias. Só não pode ficar muito tempo parado! Cada sessão dura, em média, três minutos - oito minutos na câmara é morte certa.A crioterapia surgiu nos anos 70 no Japão. Logo chegou ao Leste Europeu, sendo amplamente usada em sanatórios da região. Do uso estritamente teurapêutico passou a servir também a interesses estéticos e esportivos. Durante a Guerra Fria (que apropriado!), países da Cortina de Ferro usaram e abusaram das câmaras muito abaixo de zero para garantir melhor desempenho ao seus atletas-propaganda.


tags:
link do postPor anjoseguerreiros, às 14:47 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO