notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
19.4.09
PORTO ALEGRE - O idoso que atirou contra o filho usuário de drogas, em Porto Alegre, foi preso neste sábado após deixar o hospital. Os dois foram parar no Hospital de Pronto-Socorro (HPS) depois de uma discussão por causa de droga, neste sábado, no bairro Restinga, na zona sul da capital gaúcha. Segundo a Polícia Civil, Severiano Pires, 66 anos, atirou com uma espingarda contra o filho Charles Bronson Fernandes Pires, de 23 anos, durante uma briga em que ele cobrava do filho que deixasse de usar crack.
Ao ver Charles baleado, Severiano teve um mal súbito. Os dois foram encaminhados para o HPS. Charles e Severiano já foram liberados do estabelecimento. Severiano foi encaminhado para a 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. Ele será levado ao Presídio Central.
Foi o segundo caso do tipo em uma semana no Rio Grande do Sul. No último domingo, dia 12, o jovem Tobias Lee Manfred Hahn, 24 anos, foi morto com dois tiros pela mãe, Flávia Costa Hahn, 60 anos, também em Porto Alegre. A aposentada afirmou que o filho estava sob efeito de drogas e ameaçou matar ela e o pai durante um churrasco.

Mulher mata os dois filhos no interior do estado
Em Santana do Livramento, a 488 quilômetros de Porto Alegre, Marisa Alves Severo, de 42 anos, matou os dois filhos, Antônio Vicente Severo Gonçalves, de 8 anos, e Maria Cecília Severo Gonçalves, de 6, com um tiro na cabeça, neste sábado, por volta das 14h, na casa em que a família morava. Após o crime, ela se matou, também com um disparo na cabeça. A arma usada no duplo homicídio seguido de suicídio era uma pistola .40, de propriedade do irmão de Marisa, um policial militar.
A mulher havia se separado do marido há cinco anos e desde então morava com a mãe. O irmão de Marisa morava em Rosário do Sul e estava em Livramento para levar a mãe no hospital. Foi quando deixou sua mala em casa, com a arma, que Marisa matou os filhos e se matou.
Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal da Santa Casa e aguardam um legista de São Gabriel para necropsia. Vizinhos escutaram o barulho dos disparos e chamaram a polícia.



link do postPor anjoseguerreiros, às 20:09 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO