notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
27.4.09
Com ilustrações grandes, espaço para colorir, acompanhado de CD de música ou com páginas que servem como quebra-cabeças, o livro se tornou objeto de desejo das crianças
Neste mês em que são comemorados o Dia Nacional do Livro Infantil (18) e o Dia da Educação (próxima terça, dia 28), um passeio pelas livrarias da cidade mostra que o antigo reduto de gente grande é também o cantinho preferido de muitos pequenos.
A paixão começa nas leituras ao pé do berço, segue pelas experimentações em obras interativas e cria pequenos aficionados pelo mundo das letras.
"Ler está na rotina do momento de ir dormir, assim como tomar leite e escovar os dentes", diz Renata Cremaschi, mãe de Flávio, 3, e Tiago, 6 meses. A família bateu ponto na Livraria da Vila, na Vila Madalena, na tarde da última terça-feira.
No feriado chuvoso de Tiradentes, a Revista visitou algumas livrarias da cidade e encontrou a criançada circulando desenvolta por entre as prateleiras. De contos de fada a histórias de terror, eles costumam sair dali com pelo menos uma obra nas mãos e a listinha das que ficarão para a próxima visita.

Sob medida

Que tipo de livro é adequado a cada faixa etária

1 a 2 anos - Texto: a criança se prende ao movimento e ao tom de voz, não ao conteúdo. As histórias devem ser rápidas e curtas.Ilustração: deve ter somente uma gravura em cada página.Materiais: livros de pano, madeira e plástico. É recomendado o uso de fantoches.

2 a 3 anos - Texto: histórias com enredo simples, contadas com muito ritmo e entonação.Ilustração: gravuras grandes e com poucos detalhes.Materiais: fantoches e música exercem fascínio.

3 a 6 anos - Texto: humor e mistério atraem o pré-leitor. O texto, curto, deve ser lido ou dramatizado.Ilustração: predomínio da imagem com gravuras que tenham significado para a criança.Materiais: dobraduras, massa de modelar e argila atraem para novas experimentações.

6 a 7 anos (fase de alfabetização) - Texto: temas com personagens inseridas na coletividade favorecem a socialização.Ilustração: integrada ao texto para instigar o interesse.Materiais: apoio de instrumentos musicais ou de outros objetos que produzam sons.

Cristiane Madanêlo de Oliveira (mestra em literatura brasileira e especialista em literatura infantil e juvenil). www.graudez.com.br/litinf


fonte: Notícias BOL
link do postPor anjoseguerreiros, às 12:39  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





arquivos
blogs SAPO