notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
23.3.09
O Globo On-Line publicou uma matéria onde diz que Alexandre Nardoni frequenta as aulas de cavaquinho e trabalha na lavanderia. MENTIRA! A revista Veja publicou em novembro de 2008 , que o filho do senhor Antonio Nardoni continua a fazer o que sabe melhor: NADA!
Veja a postagem que fizemos na época:

A VERDADE SOBRE A VIDA DOS NARDONI NA PRISÃO
A revista Veja , edição 2008, de 26 de novembro, publicou reportagem mostrando o cotidiano do casal Nardoni na prisão. As informações contidas na matéria escrita pela repórter Laura Diniz, desmentem claramente as afirmações do "pseudo-jornalista" Antonio Carlos Prado, da concorrente "IstoJáEra".Na verdade, Alexandre Nardoni continua com sua "vida de brisa", pois não trabalha nem estuda, acordando às 10 da manhã. Ao contrário do que o sr. Prado declarou, Alexandre RARAMENTE frequenta as aulas de música.Jatobá realiza alguns serviços, mas fica claro que o faz mais por necessidade de se sentir protegida, já que angariou a antipatia de muitas detentas. Com certeza, é por isso também, que ela demonstra "sua fé", abraçando uma religião que mais parece um "barco da salvação", já que nem o pastor evangélico parece acreditar muito nessa conversão.A matéria da Veja também chama atenção para a quantidade de alimentos e provisões levados pelo pai e mãe de Alexandre quando vão visitá-lo; acabam po stisfazer a todos os companheiros de cela. Por outro lado, Jatobá recebe pacotes bem mais modestos, já que seu pai, segundo a repórter, continua em sérias dificuldades financeiras. Além disso os dois avós parecem que estão se estranhando....... Isso nos faz pensar: estaria acontecendo algo entre as famílias? Afinal, por que o senhor Antonio Nardoni não tem ajudado sua nora? Seria pelo fato de já estar pagando a escola de um dos netos e os advogados de defesa? Ou seria por que, a família Nardoni culparia de alguma forma Jatobá, pela situação atual de seu filho? Para uma família tão unida, estas diferenças parecem , no mínimo, estranhas.Estranho também é a declaração de uma amiga de infância de Ana Carolina que afirma que, em suas cartas, ela nunca toca no nome do marido; contradizendo de certa forma, as declarações dos pais do casal: "eles trocam cartas semanalmente e o tom das mensagens é carinhoso"Vale a pena conferir a matéria na íntegra; ela mostra outros detalhes, revelando, inclusive o cotidiano dos filhos do casal.No final, Kaleo Coura realiza uma entrevista com Ana Carolina de Oliveira, mãe de Isabella. onde ela conta como tem sido sua vida desde a morte da filha: "Não tenho motivo nenhum para comemorar nada. Não sou feliz nem infeliz, diria que sou indiferente em relação à vida. Tiraram a maior parte de mim."Sem mais palavras...............
link do postPor anjoseguerreiros, às 08:42 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO