notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
11.3.09
RIO e BIRMINGHAM, Estados Unidos - Um homem fez uma série de ataques na terça-feira, matando dez pessoas, entre elas parentes, em dois condados do estado americano do Alabama, antes de se suicidar. Michael McLendon matou a mãe ao incendiar sua casa, os avós, a tia e o tio, a mulher e o filho de um vice-xerife, além de outras três pessoas, de acordo com os investigadores. Autoridades ainda tentam estabelecer, nesta quarta-feira, a cronologia dos eventos e o que motivou McLendon.
- Ele disparou em pessoas comuns que estavam indo para seus trabalhos - disse a senadora estatal Harry Anne Smith à rede americana CNN. Smith representa o condado Geneva, onde nove das vítimas foram mortas.
Apesar de autoridades terem identificado todas as vítimas, parte dos nomes não será divulgada até que os parentes sejam notificados. Os ataques começaram por volta das 16h (horário local) na casa onde McLendon vivia com a mãe, Lisa, na cidade de Kinston, perto da fronteira com a Flórida, no Condado Coffee.
Um pedestre viu o incêndio na casa e alertou autoridades. Dentro da residência, os bombeiros acharam o corpo de Lisa McLendon. Segundo o investigador Robert Preachers, a mãe não foi morta pelo fgo, mas sim por tiros.
O homem foi então para o condado de Geneva. Lá, ele matou o avô, a avó, o tio e a tia que estavam em uma varanda, perto da cidade de Samson. A mulher de um vice-xerife que morava em uma casa da mesma rua também foi morta a tiros, juntamente com seu filho. Uma segunda criança foi levada para um hospital na Flórida em estado grave.
McLendon, armado com uma arma semi-automática, também matou a tiros um homem que vivia em um trailer. O atirador seguiu depois para uma estrada onde disparou pelo menos sete balas contra um carro da polícia. Um policial ficou ferido pelos estilhaços de vidro. As duas últimas vítimas foram uma mulher morta em um posto de gasolina na estrada e um homem que estava em frente a uma loja.
A polícia perseguiu o atirador até a fábrica Reliable Metal, localizada em Geneva, uma área industrial a cerca de 19 quilômetros a sul de Samson, onde o criminoso fez cerca de 30 disparos. Um dos tiros atingiu o chefe de polícia de Geneva, Frankie Lindsey, que foi salvo pelo colete à prova de balas. Segundo fontes oficiais, o atirador entrou na empresa, onde já havia trabalhado, e então se matou.
- Este é o pior incidente de violência que tenha memória o Departamento de Segurança Pública dessa região - disse seu diretor, Christopher Murphy.
Em 2002, um homem matou seis membros da família de sua namorada em Luverne, no estado do Alabama. O autor dessa matança, Westly Devon Harris, foi declarado culpado e condenado a morte em 2005.


link do postPor anjoseguerreiros, às 08:10 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO