notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
11.3.09
RIO - O modelo americano David Goldman, que disputa a guarda de seu filho com a brasileira Bruna Bianchi, já falecida , chegou no fim da manhã desta quarta-feira ao Hotel Marriot, em Copacabana, na Zona Sul. Ele está sendo escoltado por uma agente da Polícia Federal, que o recebeu no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. Goldman veio dos Estados Unidos para fazer exames pedidos pela Justiça brasileira e tem um encontro com o filho.
David soube que seu caso foi objeto de conversa entre o ministro Celso Amorim e a secretária de Estado Hillary Clinton, que pediu ao governo brasileiro que devolvesse o filho ao pai . Na terça-feira, o assessor especial da Presidência da República para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, disse que o presidente Lula não pretende falar sobre a disputa pela guarda da criança durante o encontro com o presidente americano Barack Obama , que ocorrerá no sábado, em Washington. A ordem é evitar um tema polêmico e que tem mobilizado grande parte da mídia americana.
A diplomacia brasileira quer evitar uma saia justa e com isso desviar a reunião de temas considerados importantes para o Brasil, como os desdobramentos da crise financeira internacional. O grupo que mantém um site bilíngue de apoio a David Goldman organiza uma manifestação em frente à Casa Branca durante o encontro entre os dois presidentes. Eles pretendem fretar três ônibus para levar 200 manifestantes de New Jersey e Nova York até Washington. Mas Goldman não deverá estar presente.
David tenta recuperar o filho desde 2004, quando Bruna viajou para o Rio durante uma visita aos pais e não voltou mais aos Estados Unidos. Em agosto do ano passado ela morreu ao dar à luz a primeira filha com o novo marido, o advogado João Paulo Lins e Silva, que hoje detém a guarda do garoto. O caso foi parar nas grandes redes de TV e jornais dos EUA. A história foi tema especial nos programas Larry King Live e NBC Today Show, onde a secretária de Estado, Hillary Clinton, transformou a briga em um assunto diplomático.


link do postPor anjoseguerreiros, às 15:16  comentar

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
blogs SAPO