notícias atuais sobre saúde, violência,justiça,cidadania,educação, cultura,direitos humanos,ecologia, variedades,comportamento
9.3.09
FLORIANÓPOLIS - O tornado que atingiu a serra catarinense neste domingo e o temporal, que caiu também sobre Vale do Itajaí e Florianópolis, deixaram 367 desabrigados, segundo a Defesa Civil de Santa Catarina. Dois municípios decretaram situação de emergência: Ponte Alta, na serra, e Camboriú, no Vale do Itajaí. Pelo menos 14 municípios do estado registraram estragos provocados pela chuva forte, vendaval e a queda de granizo entre o domingo e a madrugada desta segunda-feira.
Em Ponte Alta, um tornado, que durou cerca de 30 minutos e foi acompanhado de chuva de granizo, destelhou mais de 500 casas. Lavouras de milho e soja foram destruídas e árvores foram arrancadas na zona rural. Duas pessoas ficaram feridas. De acordo com a Defesa Civil, 80 pessoas ficaram desabrigados ou desalojadas. O abastecimento de luz e água foi comprometido.
Até mesmo o hospital da cidade foi afetado. Os 56 leitos da Fundação Médico Social Rural de Ponte Alta foram atingidos pela chuva. Seis pacientes que estavam internados no momento do tornado foram liberados, devido ao risco que corriam dentro do hospital. O prefeito da cidade decretou situação de emergência.
Em Camboriú, no Vale do Itajaí, a chuva deixou 245 desabrigados. Em Brusque, na mesma região, uma forte chuva provocou alagamentos e deslizamentos. Vinte pessoas estão desabrigadas.
Em Florianópolis, as chuvas provocaram estragos principalmente no norte da ilha. Casas e ruas ficaram alagadas em Canasvieiras e nos bairros Rio Vermelho, Vargem Pequena, Ingleses e Vargem do Bom Jesus. Há 16 pessoas desalojadas e seis desabrigadas na capital catarinense.
A chuva também atingiu o litoral, o Vale do Itajaí e o sul . Além de Florianópolis, Brusque e Criciúma também acionaram a Defesa Civil Estadual.
A BR-116 chegou a ficar interrompida durante uma hora no trecho entre Ponte Alta e a BR-470 devido à queda de árvores sobre a pista. Estradas do interior também foram danificadas, e pontes podem estar em risco.
Em Brusque, no Vale do Itajaí, uma forte chuva começou às 17h deste domingo e o município registrou pontos de alagamentos e deslizamentos. Vinte pessoas estão desabrigadas e o deslocamento na cidade está complicado.
Em Ituporanga, um temporal destelhou casas e derrubou árvores na manhã de domingo. O vento provocou a queda de postes. Casas e ruas foram alagadas.
Em Itajaí a ligação entre o município e Balneário Camboriú foi comprometida até o início da noite de domingo por causa de alagamentos e deslizamentos de terra. Uma rua no bairro Cabeçudas foi interditada devido ao risco do desmoronamento. Ruas ficaram alagadas no bairro Ariribá. A escola municipal na região também foi atingida.
O vento forte destruiu lavouras, residências e derrubou postes da rede de distribuição de energia nas cidades de cidades de Turvo, Ermo, Timbé do Sul, Morro Grande e Meleiro De acordo com o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram), os maiores volumes de chuva ocorreram no Planalto Sul e no litoral. Em Itapoá, litoral norte, choveu 140,8 milímetros neste domingo. Painel, na Serra, registou 100,6 milímetros de água e Itajaí, também no Litoral Norte, registrou 98,2 milímetros. A Defesa Civil está em alerta nos próximos dias devido à previsão de chuva intensa, principalmente entre o Planalto e o litoral catarinense. Enchentes e mortes
Entre novembro e dezembro do ano passado, ao menos 136 pessoas morreram vítimas das enchentes em Santa Catarina. Milhares ficaram desabrigadas.
Na ocasião, os municípios mais castigados foram Ilhota, Luiz Alves, Itajaí e Blumenau. Várias regiões dessas cidades ficaram submersas. Os estragos atingiram plantações e comprometeram o abastecimento de várias cidades, pois várias rodovias ficaram alagadas.
Após a chuva, foram registrados dezenas de casos de leptospirose nas cidades mais atingidas pelas enchentes, principalmente em Itajaí.



link do postPor anjoseguerreiros, às 11:35 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar
 
colaboradores: carmen e maria celia

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





arquivos
subscrever feeds
blogs SAPO